Início Geral

Justiça na PB autoriza transexual a mudar gênero em registro mesmo sem cirurgia

O juiz da Vara de Feitos Especiais de Campina Grande, Marcos Jatobá Filho, reconheceu o direito de mudança de gênero no registro civil de nascimento a um transexual sem que ele tenha feito cirurgia de mudança de sexo. A sentença foi publicada no PJE (Processo Judicial Eletrônico), nessa terça-feira (27). Comente no fim da matéria.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo divulgado pelo Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), transexual já havia obtido modificação de seu prenome em 2014 e requereu, numa ação de retificação de registro civil, a adequação do gênero à identidade sexual e social que ostenta. Ainda conforme o TJPB, na Comarca de Campina Grande já houve outras decisões no mesmo sentido.

Na decisão, o juiz reconheceu que o transexual possuía, desde a puberdade, uma real identidade de gênero com o sexo oposto. Diante das provas, ele considerou possível a alteração desejada sem o prévio ato cirúrgico.

No fim de semana, o Correio Online trouxe matéria especial sobre as lutas e desafios enfrentadas pela comunidade de transexuais na Paraíba. Mulheres trans contaram que o que separa esta parcela da população das demais pessoas é a falta de oportunidades. Relembre as histórias.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.