Início Celebridades

Lady Gaga revela que engravidou após ser estuprada aos 19 anos

Cantora revelou que, na época, já estava no ramo musical e que desenvolveu um quadro de surtos psicóticos devido ao abuso
Lady Gaga (Foto: Reprodução/Instagram)

A cantora Lady Gaga, de 35 anos, revelou que engravidou após sofrer um estupro quando tinha 19 anos. A desabafo emocionante da artista aconteceu durante uma entrevista à apresentadora Oprah Winfrey, no episódio de estreia da série The Mee You Can’t See – que é produzida pela própria apresentadora e príncipe Harry. A informação é do R7.

A pop star contou que já estava trabalhando no ramo da música quando tudo aconteceu. “Eu tinha 19 anos, já trabalhava no ramo e um produtor me disse: ‘tire a roupa’ e eu disse não. Eu saí e eles me disseram que iriam queimar todas as minhas músicas. E não pararam. Eles não pararam de me perguntar, e eu simplesmente congelei e eu… eu não consigo nem lembrar. Primeiro senti uma dor total, depois fiquei paralisada”, começou a artista.

Em seguida, Lady Gaga contou que a dor que sentia era tão grande, que optou por ir ao hospital. Foi lá que ela descobriu que estava grávida de seu abusador.

“Primeiro senti uma dor generalizada por todo o corpo, depois fiquei completamente atordoada. Percebi que era a mesma dor que senti quando a pessoa em questão me estuprou e me deixou deitada em uma esquina na casa dos meus pais, porque eu estava vomitando. Eles abusaram de mim. Fiquei presa no estudo por meses”, lembrou ela sobre os efeitos do transtorno de estresse pós-traumático que foi diagnosticado após viver o pesadelo.

“Tive um surto psicótico total e, por alguns anos, não fui a mesma garota. A maneira como me sinto quando sinto dor é como me senti depois de ser estuprada. Já fiz tantas ressonâncias magnéticas e exames que não encontraram nada. Mas seu corpo se lembra”, explicou ela. A cantora disse ainda que chegou a ter impulsos de automutilação após a fatalidade.

A intérprete se recusou a divulgar a identidade de seu agressor e disse que espera nunca mais ter que vê-lo novamente. “Não vou dizer o nome dele. Eu entendo o movimento ‘Eu também’ e entendo que há pessoas que se sentem confortáveis ​​com isso, mas eu não. Não quero ver o rosto dessa pessoa novamente”, disse ela.

Palavras Chave

Celebridades

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.