Lei garante Dia de Conscientização e Enfrentamento da Psicofobia na Paraíba

273
COMPARTILHE

O dia 12 de abril a partir de agora será marcado como o Dia da Conscientização e Enfrentamento da Psicofobia no Estado da Paraíba. O dia foi escolhido em alusão ao nascimento do artista Chico Anysio, patrono da campanha e do projeto “A sociedade contra o Preconceito”. Em todo Brasil, estima-se que 23 milhões de pessoas sofrem de transtorno mental.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Termo um tanto desconhecido, embora largamente praticado, psicofobia trata do preconceito contra pessoas que sofrem de transtornos mentais. Assim, o desconhecimento, a negligência e a rejeição são fatores que fazem piorar o quadro destes indivíduos. Uma vez que o agredido, muitas vezes, vivencia este tipo de situação em seu cotidiano, seja com familiares ou entre amigos.

Em todo o mundo, mais de 700 milhões de pessoas são afetadas por distúrbios mentais ou comportamentais. Os problemas de saúde mentais ocupam cinco posições no ranking das dez principais causas de incapacidade, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, 23 milhões de pessoas (12% da população) necessitam de algum atendimento em saúde mental. Pelo menos 5 milhões de brasileiros (3% da população) sofrem com transtornos mentais graves e persistentes.

O deputado estadual Bruno Cunha Lima, autor do projeto de lei, falou sobre a importância da data. “Esclarecer sobre a Psicofobia é uma necessidade e, por isso, apresentamos o projeto que virou Lei no nosso Estado”, destacou.

Bruno explicou ainda que a Lei estabelece que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde, é responsável para realizar a promoção, divulgação e esclarecimento públicos necessários à conscientização sobre a psicolofobia.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas