Início Geral

Lei que homenageia João Pedro Teixeira é sancionada em evento com trabalhadores rurais

A lei de autoria do presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Gervásio Maia, que denomina de João Pedro Teixeira o anel viário de Guarabira, foi sancionada pelo Governador Ricardo Coutinho, nesse sábado (18). A solenidade aconteceu no Centro de Formação Elizabeth e João Pedro Teixeira, do município de Lagoa Seca. Na ocasião, também foi lançada a reedição do livro que conta a vida de Elizabeth Teixeira, viúva do homenageado,

Para Gervásio, a lei resgata a história e presta uma justa homenagem ao fundador das Ligas Camponesas. “Essa homenagem a João Pedro Teixeira, que nasceu em Pilõezinhos, quando ainda era distrito de Guarabira, é por tudo que ele representou para os movimentos sociais e para as Ligas Camponesas. A nossa geração tem a obrigação de procurar resgatar essa memória e história, sobretudo, para que as futuras gerações ao passarem por aquela grande obra de mobilidade urbana possam saber sobre o homem perdeu a vida lutando contra as injustiças sociais”, ressaltou o presidente da Assembleia

De acordo com o governador Ricardo Coutinho, a lei representa respeito a história e a memória de João Pedro Teixeira. “A importância dessa assinatura é exatamente a memória. Eu não acredito em um povo que caminha planejando o futuro sem conhecer a história de antepassados. A “memória oficial” ofuscou e enterrou aqueles que se contrapuseram à ordem dominante. João Pedro Teixeira foi naturalmente contra e, com isso, foi assassinado e teve sua história apagada. Ele foi uma das maiores lideranças populares que a Paraíba já teve e é importante resgatar a história do ponto de vista do povo e dos interesses coletivos das pessoas” afirmou o governador.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Ricardo Coutinho parabenizou o presidente da Assembleia Legislativa pela homenagem a João Pedro Teixeira “O deputado Gervásio Maia foi de uma felicidade enorme ao fazer essa propositura porque não é apenas denominar a mais importante obra viária que o brejo paraibano já viu na história, mas é contribuir com a simbologia que essa denominação tem. Ou seja, é jogar luz sobre um período ofuscado, que foi o movimento das Ligas Camponesas, quando Elizabeth Teixeira, João Pedro Teixeira e vários lutadores anônimos que, agora, estarão representados exatamente a partir desta homenagem”, pontuou.
.
Ainda na ocasião, foi lançada a reedição do livro Elizabeth, Mulher da Terra, da escritora Ayala Rocha. A obra conta a vida da trabalhadora rural que sempre militou pela melhoria de vida do homem do campo. A solenidade contou ainda com uma mística e homenagens dos trabalhadores rurais aos que ajudam na construção de políticas públicas para os movimentos sociais.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.