Lígia Feliciano (Foto: Reprodução/Facebook)

Lígia é ‘rejeitada’ e vai disputar eleições sem Ricardo, diz jornal

Por meio da assessoria, Lígia mandou dizer apenas que a publicação do jornal não procede

1458
COMPARTILHE

A vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) deverá disputar as eleições para o governo da Paraíba, enfrentando o candidato do governador Ricardo Coutinho (PSB), João Azevedo. A análise foi divulgada nesta terça-feira (20) na página de Política do Estadão.

“Na Paraíba, o governador Ricardo Coutinho (PSB) quer como seu sucessor o atual secretário de Infraestrutura, João Azevedo (PSB). Preterida [rejeitada], a vice, Lígia Feliciano, foi lançada como pré-candidata ao governo pelo PDT para que faça palanque para o presidenciável da legenda, o ex-ministro Ciro Gomes”, diz o texto do repórter Igor Gadelha.

Apesar disso, não há nada oficializado de que a vice-governadora é candidata ao governo do Estado e teria rompido com Ricardo. A análise do Estadão leva em consideração um panorama nacional, tanto que o texto traz particularidades de outros estados.

Apesar da relação de Lígia e Ricardo não parecer ser das melhores, também não há nada que indique que os dois seriam rivais. Em fevereiro deste ano, o pré-candidato João Azevedo negou que houvesse problemas entre os dois, mas disse que Lígia está livre para concorrer ao governo porque é de um partido diferente.

Lígia foi procurada pelo Portal Correio, mas não quis comentar a abordagem do Estadão. Por meio da assessoria, mandou dizer apenas que a publicação do jornal não procede.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas