Início

Livro reúne dicas para fazer uma boa prova, incluindo ‘técnicas de chute’

A maratona de provas do Exame Nacional do Ensino Médio termina neste domingo (24), com as avaliações das áreas de Ciências da Natureza e Matemática. Tanto pelo volume de conteúdos, quanto pela dificuldade que representam para uma boa parte dos estudantes, ‘chutar’ uma ou outra questão é inevitável. Mas até pra arriscar um chute é preciso ter conhecimento e técnicas.

Esse é um dos assuntos abordados no “Guia do Estrategista Enem”, uma publicação lançada esta semana, que tem o objetivo de fornecer um roteiro completo aos candidatos, incluindo a escolha do material e do método de estudo,  e comportamentos e ações que turbinam o aprendizado. O livro contempla todas as fases de preparação, alcançando estudantes que estão no início e também na etapa final, que é o exame.

Os autores Ricardo Scholz e Rafael Moraes passaram os últimos anos observando os hábitos dos estudantes e identificam os principais obstáculos que os impedem de chegar à aprovação e, principalmente, mostram como superá-los. Segundo eles, o livro tem como principal objetivo ensinar a estudar de maneira estratégica para o Enem, maximizando as chances de aprovação rápida no curso e universidade escolhidos pelos estudantes.

Chute com mais precisão

Um dos tópicos da publicação é dedicado a como fazer a prova estrategicamente. Segundo os autores, isso é tão importante quanto as horas de estudo investidas ao longo do processo. Assim, eles reúnem algumas práticas em relação ao momento da prova, como chegar cedo e sair tarde, percorrer toda a prova, pelo menos, duas vezes, ficar atentos a pegadinhas, usar e abusar da lógica e usar técnicas de chute, quando não há certeza de respostas corretas. Rafael e Ricardo citam sete técnicas e discorrem sobre cada uma. Confira um resumo das principais:

  • Tenha cuidado com termos taxativos e generalizações;
  • Rejeite termos politicamente incorretos (a não ser que estejam relacionados a um contexto espaço-temporal);
  • Prefira itens com redação de fácil entendimento;
  • Fique atento às alternativas parecidas; Escolha as opções mais recorrentes; Fique com o número mais provável.

Como surgiu o guia

Rafael Moraes, que é professor do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), faz palestras e auxilia estudantes gratuitamente para que melhorem suas técnicas e hábitos de estudo — conta como ele e o amigo construíram o guia. “Estava debatendo sobre esse problema com meu amigo de muitos anos, Ricardo Scholz. Ele estava me dizendo que o mais importante não é estudar muito, mas estudar bem. E aí, surgiu a ideia de estruturarmos num livro tudo aquilo que consideramos mais fundamental para os alunos que irão concorrer às vagas do Enem”, explicou.

Ricardo Scholz, que tem uma bem-sucedida experiência em concursos públicos e é servidor do Tribunal Regional do Trabalho da Sexta Região (TRT6/PE), destaca que o livro tem uma linguagem objetiva, indo direto aos pontos fundamentais. “A gente ensina um método diferenciado de estudo para o Enem, que é orientado sempre ao resultado, pois o foco principal é a aprovação. Assim, aprender será uma consequência do caminho percorrido. Além do método, nós também tratamos de questões fundamentais que podem afetar diretamente o desempenho dos estudantes, mas muitas vezes são negligenciadas”, lembra.

Em resumo, o “Guia do Estrategista Enem” dá dicas de como criar o hábito de estudar e como usar técnicas diferenciadas para que os assuntos estudados hoje estejam disponíveis na memória no dia da prova. Além disso, Rafael e Ricardo mostram como turbinar o desempenho cuidando do corpo, por meio do sono, da alimentação e dos exercícios físicos. Eles também abordam o tema do uso excessivo das redes sociais, que compromete a capacidade dos estudantes de se manterem focados nos estudos, dando dicas de como assumir esse controle.

Princípios e técnica

“O Guia do Estrategista Enem propõe uma mudança de mentalidade. Nós elencamos uma série de princípios para que o aluno se torne um estudante estrategista, estudando com eficiência e eficácia, de forma flexível. Assim, ele conseguirá avançar para melhores resultados, não importa de que ponto esteja partindo”, sintetizam os autores.

O Guia do Estrategista também explica como funciona a pontuação do Enem e oferece modelos de tabelas para os estudantes acompanharem seu desempenho e planejarem seus ciclos de estudo com mais eficácia. Por último, traz dicas para o dia da prova, desde as mais gerais (como chegar cedo), até as mais específicas (sobre como escolher as questões a serem respondidas primeiro, como se beneficiar com as ‘técnicas de chute’ e como escrever a redação estrategicamente, por exemplo). Os autores disponibilizarão gratuitamente no site do Guia do Estrategista planilhas de acompanhamento e simulados.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.