Moeda: Clima: Marés:
Início Cinema

Longa-metragem de produção paraibana ‘Rebento’ está em cartaz no Cine Bangüê

Rebento estreou na seleção oficial da prestigiada Mostra de Cinema de Tiradentes e foi vencedor de 27 prêmios nacionais e internacionais
Rebento
Filme Rebento foi gravado no Sertão da Paraíba (Foto: Divulgação)

O longa-metragem de produção paraibana ‘Rebento’ está na programação de reabertura do Cine Banguê, no Espaço Cultural, em João Pessoa, no mês de maio.

Primeiro longa-metragem do ator, diretor e roteirista paraibano André Morais, com uma carreira longa em festivais pelo país e fora, Rebento estreou na seleção oficial da prestigiada Mostra de Cinema de Tiradentes e foi vencedor de 27 prêmios nacionais e internacionais.

Entre os prêmios, estão Prêmio de Melhor Filme Internacional e Melhor Atriz no Diorama Film Festival em Nova Dehli, na Índia, e o Prêmio Especial do Júri no Los Angeles Brazilian Film Festival na Califórnia.

O filme tem mais de 40 artistas paraibanos envolvidos e traz no elenco nomes como Ingrid Trigueiro (Bacurau), Zezita Matos (A História da Eternidade) e Fernando Teixeira (Baixio das Bestas).

Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (estudante), com abertura da bilheteria uma hora antes do evento.

Programação de exibição do filme ‘Rebento’

  • 14/05 sábado 18h
  • 17/05 terça-feira 19h
  • 22/05 domingo 16h
  • 30/05 segunda-feira 17h

Sinopse

Após cometer um crime, Mulher abandona casa e família em busca de um destino desconhecido. Não se sabe quem é ela, nem o porquê de tal crime. O mistério sobre essa mulher é um dos pontos chaves da narrativa.

No decorrer da história se chamará Maria, Rosa e Ana, talvez seja um deles o seu nome verdadeiro, talvez nenhum.

Ela andará durante um dia inteiro, abraçada a uma melancia e terá breves encontros que marcarão o seu dia e a sua vida, enfrentando um mundo às vezes hostil e às vezes delicado, na tentativa de conviver com o amor e o desamor que traz em si.

Curiosidades

  • Rebento foi vencedor dos prêmios de Melhor Filme Internacional e Melhor Atriz no Diorama Film Festival na Índia, no mesmo mês e ano do chamado Muro das Mulheres, protesto histórico em que dezenas de milhares de mulheres formaram uma corrente humana de 620 quilômetros em luta por igualdade de gênero no país.
  • Ganhador de 27 prêmios nacionais e internacionais.
  • Filme produzido com equipe e elenco inteiramente do estado da Paraíba.
  • Gravado no Sertão paraibano.
  • O argumento, de autoria de André Morais, foi um dos vencedores do Concurso de Desenvolvimento para Roteiros Inéditos em Longa-metragem do Ministério da Cultura em 2009.
  • Ingrid Trigueiro, protagonista do filme, também integra o elenco do filme Bacurau.

Sobre o diretor

André Morais é ator, cineasta e roteirista paraibano. Seu primeiro filme como realizador, o curta-metragem ALMA, participou de mais de 20 festivais no Brasil e no exterior. O filme venceu o prêmio de Melhor Curta no Festival Latino-Americano de Toronto no Canadá e o prêmio do Ministério da Educação de Melhor Filme Universitário. Seu 1º longa-metragem como autor e diretor, REBENTO, estreou em janeiro de 2018, na seleção oficial da Mostra de Cinema de Tiradentes e foi vencedor de 27 prêmios nacionais e internacionais, entre eles o Prêmio de Melhor Filme Internacional no Diorama Film Festival em Nova Dehli, na Índia, o Prêmio Especial do Júri no Los Angeles Brazilian Film Festival e o prêmio de Melhor Diretor Estreante no Oniros Film Awards em Aosta, Itália. Nesse momento, está em fase de pré-produção do seu 2º longa, Malaika.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.