Moeda: Clima: Marés:
Início Executivo

Lula diz que ministro indiciado pela PF presta bom serviço para o governo

Ministro foi indiciado por seis crimes, mas advogados argumentam que investigação está repleta de ilegalidades
Lula
(Foto: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou em entrevista a uma rádio do Maranhão nesta sexta-feira (21) que o ministro das Comunicações, Juscelino Filho (União Brasil), está desempenhando um papel positivo no governo. Lula saiu em defesa do ministro, que foi indiciado pela Polícia Federal. As informações são do R7, parceiro nacional do Portal Correio.

“Eu sempre trabalho com a ideia de que nenhum ser humano é completamente mau. Pode haver um lado negativo, mas também há coisas boas. Então, acredito que Juscelino está contribuindo positivamente para o governo, está trabalhando”, afirmou.

Juscelino Filho foi indiciado pela Polícia Federal por suspeita de corrupção passiva, organização criminosa, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e fraude em licitação. Os advogados de Juscelino Filho argumentaram que a investigação da corporação está repleta de “inconstitucionalidades e ilegalidades graves”.

A defesa do ministro destacou que a investigação policial se baseou em informações incorretas sobre a diferença entre o valor adiantado pela Codevasf e o trabalho efetivamente realizado pela construtora responsável pela obra. “O indiciamento do delito revela, a não mais poder, o tom excessivo e desproporcional que a investigação tomou”, alegaram os advogados.

A defesa argumenta que essa discrepância foi usada para justificar uma ação sem uma base probatória sólida. Além disso, sustenta que os elementos apresentados pela autoridade policial são especulativos e carentes de provas concretas.

O presidente está realizando agendas pelo Nordeste desde quinta-feira (20), tendo visitado Ceará e Piauí antes de chegar a São Luís, no Maranhão, nesta sexta-feira. Durante sua estadia na capital maranhense, Lula deve fazer anúncios nos setores portuário, elétrico, esportivo e de mobilidade. Ele também descartou a possibilidade de uma reforma ministerial no governo, declarando estar satisfeito com seus ministros e que fará mudanças apenas quando necessário.

Receba todas as notícias do Portal Correio no WhatsApp

publicidade
© Copyright 2024. Portal Correio. Todos os direitos reservados.