Início Geral

Mãe de vendedora desaparecida em JP diz que policial estaria envolvido em possível crime

A mãe da vendedora Vivianny Crisley Viana Salvino, 29 anos, desaparecida desde o dia 20 de outubro, disse em vídeo, nesta terça-feira (8), que um policial estaria envolvido no crime. O delegado Reinaldo Nóbrega dá explicações sobre o caso e fala algumas informações sobre o suspeito preso, bem como sobre outros que podem estar por trás do desaparecimento da vendedora. Veja os vídeos abaixo.


Leia mais Notícias no Portal Correio

Em entrevista ao repórter Emerson Machado, da TV Correio, a mãe da vendedora afirmou que um policial militar estaria na companhia de Vivianny e de uma amiga dela na noite do desaparecimento.

“Fora os três (suspeitos, um preso e dois foragidos) e ainda tem mais gente. Acho que tem envolvimento dessa menina e desse policial da PM que estava com ela. Acho, como mãe, que ainda tem coisa por trás disso”, afirmou a mãe da vítima.

O Portal Correio tentou contato com o delegado Reinaldo Nóbrega, que comanda a investigação do crime, e com o major Cristóvão Lucas, da assessoria de comunicação da PM, para que eles comentassem sobre a suspeita levantada pela mãe de Vivianny Crisley, mas as ligações não foram atendidas até o fechamento desta matéria.

À TV Correio, o delegado Reinaldo Nóbrega disse que não há policial envolvido no caso. Segundo o delegado, o filho de um cabo da PM é investigado por outro crime que não tem relação com um possível assassinato da vendedora, mas faz parte da investigação. Assista aos vídeos abaixo.


Corpo encontrado

Na tarde dessa segunda-feira (7), um corpo foi encontrado queimado em um matagal entre os município de Santa Rita e Bayeux, na Grande João Pessoa.

No mesmo local, a Polícia Civil encontrou um cartão de crédito em nome de Vivianny , além de sandálias e roupas que seriam dela.

“Tudo indica que sim, eu não posso dizer com 100% de certeza porque quem vai dizer é a perícia. Cartão de crédito dela e a sandália que ela estava utilizando no dia do desaparecimento foram achados [no local onde estava o corpo]”, disse o delegado de Homicídios de João Pessoa, Reinaldo Nóbrega, ao afirmar que o corpo pode ser de Vivianny.

Um suspeito de envolvimento com o desaparecimento da jovem já foi preso e deverá ser apresentado pela polícia nesta quarta-feira (9), em João Pessoa. Outras pessoas podem estar por trás do sumiço da jovem.

Os resultados que vão identificar o corpo encontrado na Grande João Pessoa devem ficar prontos em até dez dias.

O caso

A vendedora está desaparecida desde o dia 20 de outubro após, segundo familiares, sair de uma casa de shows no bairro dos Bancários, em João Pessoa.

Ainda segundo a família, Vivianny Crisley teria ido junto com uma amiga a uma festa em um bar, mas não retornou para casa após ficar na companhia de outras pessoas no local da festa.


Veja mais vídeos com a cobertura da TV Correio sobre o caso.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.