Estreias

Acirramento

#SouRepórterCorreio

TV Correio

Filas
Fila grandes na escola Estadual José Pinheiro, em Campina Grande (Foto: Hiran Barbosa/Rádio Correio)

Maiores colégios eleitorais registram filas no fim da votação

De acordo com o Coronel Almeida, da Polícia Militar da Paraíba, foram registradas apenas dez ocorrências em Campina Grande

187
COMPARTILHE

Nos últimos instantes da votação, as filas ainda eram muito extensas em Campina Grande. De acordo com informações do repórter Hiran Barbosa, da 98FM, Escola Estadual José Pinheiro, idosos demoram mais de 5 minutos para votar, cada.

Segundo o Coronel Almeida, da Polícia Militar da Paraíba, foram registradas apenas dez ocorrências em Campina Grande, desde a última quinta-feira (4). “Em Campina foram 10 ocorrências, e mesmo assim, com crimes infantis. Por exemplo, uma senhora não sabia em quem votar e perguntou a uma pessoa que estava na fila, ao responder a mulher recebeu voz de prisão”, disse.

Região Metropolitana de João Pessoa

A votação nas cidades da Região Metropolitana de João Pessoa ocorrem dentro da normalidade. Não foram registradas nenhuma ocorrência nos municípios de Bayeux, Cabedelo e Santa Rita.

Cabedelo

Em Cabedelo, nenhum problema foi registrado com as urnas eletrônicas. As ruas não foram sujas com os santinhos dos candidatos, respeitando às legislação eleitoral, que vedou a distribuição desse material de campanha.

Santa Rita

Em Santa Rita, os eleitores deixaram para votar de última hora. Por volta das 16h30, na escola Honorina Santiago, as filas ainda são muito extensas, deixando a votação devagar no colégio eleitoral.

Bayeux

Em Bayeux, também não foi registrada nenhuma ocorrência. De acordo com o Juiz Eleitora da 61ª Zona Eleitoral, Francisco Antunes Batista, houve muitas denúncias referentes à compra de votos, mas nenhuma delas foi confirmada. No total, cinco urnas eletrônicas foram substituídas no município por apresentarem defeitos que comprometeram a votação.

“Está tudo transcorrendo dentro da normalidade. Houve a substituição de urnas, o que é procedimento normal, mas sem mais ocorrências. Por incrível que pareça hoje foi o dia mais tranquilo. O eleitor teve consciência de comparecer e exercer sua cidadania sem atropelos”, avaliou o juiz.

A Polícia Militar também não registrou ocorrências na cidade, como informou o capitão Alexandro Sousa. De acordo com ele, houve uma demasiada concentração de pessoas em barracas, mas elas foram afastadas após ação da polícia. “Desde ontem tivemos muita fake news, mas nada concreto”, afirmou Sousa.

Conde

No Conde, eleitores enfrentaram filas longas e tumulto para votar. Segundo uma eleitora na cidade, uma ocorrência de urna quebrada teria sido registrada na Escola Estadual Professor João Vinagre.

*Com informações de Allan Hebert e Arthur Araújo, do Jornal CORREIO.

Notícias mais lidas