Início Geral

Mais de 2,2 mil professores da rede estadual participam de forma??o em educa??o emocional

Mais de 2.200 educadores da rede estadual de educação participam, desta segunda-feira (21) até o próximo dia 31, da formação inicial da metodologia Liga Pela Paz. Ao todo, estão envolvidas 400 escolas de 139 municípios paraibanos das 14 gerências regionais de Educação.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A ação promovida pela Secretaria de Estado da Educação (SEE) foi lançada no dia 10 de junho, em João Pessoa, com o objetivo de preparar os educadores e alunos para reconhecer suas emoções e regulá-las, visando melhorar a convivência e reduzir a violência.

A metodologia trabalha o processo educativo, a educação emocional e social, buscando desenvolver consciência, autonomia e regulação emocional entre os professores e alunos, de forma a evitar ou diminuir situações de estresse, ansiedade, consumo de álcool e drogas, depressão e violência. Trata-se, também, como uma estratégia de mobilização social para a criação de uma postura de paz na sociedade.

“A mobilização para educação emocional e social no Estado é de fundamental importância que todos nós gestores, educadores, alunos possamos ampliar nossa consciência para uma atitude não violenta e que sejamos agentes da construção da paz na escola, na família, na rua, no dia a dia”, ressalta a secretária de Estado da Educação, Márcia Lucena.

Os educadores dos anos iniciais da rede estadual passarão por todas as etapas para o desenvolvimento da metodologia Liga Pela Paz neste ano de 2014, tais como: encontros de sensibilização, formação inicial, acompanhamento pedagógico, formação continuada e avaliação dos resultados. Além disso, o educador terá à sua disposição um material pedagógico adequado aos processos de aprendizagem e desenvolvimento do aluno.

Segundo a gerente de Educação Infantil e Ensino Fundamental, Aparecida Uchoa, outro aspecto relevante é o alinhamento da metodologia Liga Pela Paz com o Programa Primeiros Saberes da Infância, que estabelece diretrizes para uma educação de qualidade aos estudantes dos anos iniciais do Ensino Fundamental. “Trata-se do mesmo público de atuação da Liga Pela Paz, que, a partir das estratégias de educação emocional e social, será beneficiado diretamente com a melhoria da aprendizagem” explica Cida Uchoa.

Calendário da formação

21/7:

– Sousa (educadores da 10ª e 13ª GREs) das 8h00 às 17h00, na Escola de Demonstração

– Mamanguape (educadores da 14ª GRE) das 8h00 às 17h00, na Escola Luiz Gonzaga Burity.

22/7:

– Cajazeiras (educadores da 9ª GRE) das 8h00 às 17h00, na Escola Cel. Joaquim Mattos (Escola do Rotary).

– Guarabira (educadores da 2ª GRE) das 8h00 às 17h00, na Escola Antenor Navarro.

23/7:

– Itaporanga (educadores da 7ª GRE) das 8h00 às 17h00, na Escola Padre Diniz.

– Alagoa Grande (educadores da 3ª GRE dos municípios circunvizinhos) das 8h00 às 17h00, na Escola de Demonstração, Centro de Treinamento e Formação de Professores.

24/7:

– Patos (educadores da 6ª GRE) das 8h00 às 17h00, na Escola Coriolando de Medeiros.

– Princesa Isabel (educadores da 11ª GRE) das 8h00 às 17h00, na Escola Iracema Marques.

– Campina Grande (educadores da 3ª GRE) das 8h00 às 17h00, na Escola Nossa Senhora do Rosário.

25/7:

– Catolé do Rocha (educadores da 8ª GRE) das 8h00 às 17h00, na Escola João Suassuna.

– Soledade (educadores da 3ª GRE dos municípios circunvizinhos) das 8h00 às 17h00, na Escola Padre Ibiapina.

– Monteiro (educadores da 5ª GRE) das 8h00 às 17h00, na Escola Miguel Santa Cruz.

– Itabaiana (educadores da 12ª GRE) das 8h00 às 17h00 , na Escola João Fagundes de Oliveira.

28, 29 e 30/7:

– João Pessoa (educadores da 1ª GRE) das 8h00 às 17h00, na Escola Irmã Severina.

31/7:

– Cuité (educadores da 4ª GRE) das 8h00 às 17h00, na Escola Maria das Neves Lira de Carvalho.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.