Mais supermercados da PB deverão retirar produtos de investigadas na ‘Carne Fraca’

190
COMPARTILHE

Os supermercados da Grande João Pessoa vão retirar de suas prateleiras produtos de empresas investigadas na Operação Carne Fraca, desencadeada pela Polícia Federal. O entendimento para retirada das carnes foi mantido em reunião, nesta quinta-feira (23), entre o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (MP-Procon), representantes da Associação de Supermercados da Paraíba (ASPB), Procons de João Pessoa, Bayeux e Cabedelo e os órgãos de defesa e proteção do consumidor.


Leia também: Supermercado de JP retira 201 kg de carnes suspeitas; órgãos reforçam ações

Segundo o diretor-geral do MP- Procon, o promotor Glauberto Bezerra, ainda não existe uma determinação legal para que os produtos sejam retirados, mas a medida vem sendo tomada para preservação a segurança do consumidor.


Leia mais Notícias no Portal Correio

“Já elaboramos um plano de ação com os municípios e, em conjunto com a (Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário do Estado) Sedap, estamos fazendo um levantamento das instituições que tiveram seus registros sanitários cancelados”, afirmou o diretor de alimentos da Agência Estadual de Vigilância Sanitária da Paraíba (Agevisa), Ailton César.

O primeiro supermercado de João Pessoa a retirar produtos de empresas investigadas na ‘Carne Fraca’ foi o Carrefour, que promoveu o recolhimento de 102 quilos de carne na unidade dos Bancários e 99 quilos na unidade do Bessa.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas