Início Notícias

Maísa Cartaxo recepciona embaixador de Angola e projeta parcerias

O embaixador da Angola, Nelson Manuel Cosme, visitou, nesta terça-feira (12), projetos e espaços mantidos pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). Ele foi recepcionado pela primeira-dama e coordenadora do programa João Pessoa Artesã, Maísa Cartaxo, no Celeiro Espaço Criativo, localizado no bairro do Altiplano.

Maísa Cartaxo destacou a importância do intercâmbio entre os dois países. “Existe uma relação forte entre Brasil e Angola, e a gente tenta ampliar com intercâmbio cultural. O Celeiro Espaço Criativo é uma experiência exitosa, que acolhe o artesanato e a arte popular, difundindo a nossa cultura e gerando renda”, disse a primeira-dama.

Ainda segundo Maísa, o embaixador da Angola ficou entusiasmado com o que presenciou e viu na capital paraibana, e espera que a visita gere outros projetos para a cidade.

“João Pessoa vive um grande momento no artesanato com o reconhecimento da Unesco como Cidade Criativa, e a gente espera que isso se reflita em mais projetos. O embaixador de Angola se mostrou muito entusiasmado com tudo o que viu”, completou.

Além do Celeiro Espaço Criativo, o embaixador conheceu o projeto Villa Sanhauá, no Centro Histórico da Capital, e Sereias da Penha, na praia da Penha. Ele classificou os projetos como “iniciativas fundamentais”, que devem ser seguidas por outros países. O embaixador destacou ser possível, num segundo momento, que aconteçam entendimentos para parcerias na área da cultura.

“O Celeiro é uma vitrine que abriga muito bem a produção artesanal dos artistas locais. Do ponto de vista empresarial, é interessante pensar sobre o aspecto de que temos muitos angolanos residindo aqui em João Pessoa, como tem muitos brasileiros do Nordeste vivendo em Angola. Portanto, é possível que possamos desenvolver parcerias que possam ampliar essa relação histórica, e isso vai ser amadurecido”, disse.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.