Início Geral

Manifestantes do MST e CUT fazem caminhada, invadem a Caixa e interditam ruas de JP

Cerca de 500 mulheres representantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e membros da Central Única dos Trabalhadores (CUT) promoveram, na manhã e tarde desta segunda-feira (7), ato público que bloqueou ruas e avenidas da Capital. O ato causou congestionamentos nas principais vias e, por volta das 12h30, os manifestantes invadiram e ocuparam o prédio da Caixa Econômica Federal, que fica na Avenida Epitácio Pessoa.

Leia mais Notícias no Portal Correio

O movimento começou o ato por volta das 11h20, quando os manifestantes ocuparam a sede da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan). Em seguida, os manifestantes percorreram as avenidas Pedro II, Tabajaras, Camilo de Holanda, Getúlio Vargas e Epitácio Pessoa, onde bloquearam o trânsito.

Por volta das 12h30, os manifestantes invadiram e ocuparam a Caixa Econômica, na Epitácio Pessoa, onde permaneceram cerca de duas horas.

De acordo com representantes da manifestação, o objetivo do movimento é denunciar o modelo do monocultivo da cana de açúcar baseado no uso intensivo de agrotóxicos. Além disso, os manifestantes também reclamam da falta de moradia do Programa Minha Casa, Minha Vida para a população do campo.

A manifestação terminou por volta das 15h30. Em contato com o Portal Correio, a Caixa informou que, após a invasão do prédio, negociou com os manifestantes e que vai avaliar as reivindicações.

“A Caixa Econômica Federal informa que reuniu com representantes dos manifestantes e ouviu suas reivindicações. Conforme o caso, as solicitações serão avaliadas pelo banco e tomadas providências cabíveis”, informou a Caixa.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.