Manifesta??o espera 2 mil trabalhadores rurais na ?rea central de Jo?o Pessoa nesta quinta

16
COMPARTILHE

Cerca de dois mil trabalhadores rurais da Paraíba são esperados para o ‘2º Grito da Terra e das Águas da Paraíba’, que ocorre na manhã desta quinta-feira (23), na rua Rodrigues de Aquino, em Jaguaribe, área central de João Pessoa. Veja no mapa abaixo. Eles reivindicam soluções para os problemas causados pela estiagem prolongada e políticas públicas para os trabalhadores do campo.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A mobilização composta por agricultores e agricultoras familiares e assalariados e assalariadas rurais tem como objetivo manifestar e ouvir as respostas do Poder Público para as principais reivindicações. Um trio elétrico interromperá a via para o evento.

O evento é promovido pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba (Fetag-PB) e marca as comemorações pelo Dia do Trabalhador e da Trabalhadora Rural, que transcorre oficialmente no dia 25 de julho.

Todas as Secretarias e órgãos do Poder Público que tem relação com o homem a mulher do Campo receberam antecipadamente a pauta da Comissão de Negociação, formada pelo presidente da Fetag, Liberalino Ferreira de Lucena, e representantes de várias microrregiões do estado.

O 1º Grito da Terra Paraíba foi realizado em 2013, quando se comemorava os 50 anos da Fetag-PB e o Dia do Trabalhador e da Trabalhadora Rural no Estado (25 de julho). Mais de 5 mil Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais paraibanos atenderam ao chamado da entidade e foram às ruas da Capital. Uma Comissão foi recebida pelo governador Ricardo Coutinho e pelo presidente da Assembleia. Cerca de 180 Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) se mobilizaram e trouxeram caravanas para participar do evento.

Trânsito

O trânsito no Centro de João Pessoa não deve sofrer intervenções significativas porque a manifestação vai ocorrer apenas na rua Rodrigues de Aquino, área de baixo movimento de veículos.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas