Início Geral

Manoel Junior defende mudanças no projeto de educação em João Pessoa

A Fundação Ulysses Guimarães e o PMDB Jovem realizaram, nesta sexta-feira (4), dentro da série de seminários: Pensando João Pessoa, palestra sobre Educação, que aconteceu no hotel Xenius, na orla da Capital. A palestra foi ministrada pelo professor doutor Moacir Alves Carneiro.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

O presidente do diretório municipal do PMDB de João Pessoa e pré-candidato a prefeito da Capital, Manoel Junior, destacou que com os seminários o partido entra em uma nova fase da pré-campanha à Prefeitura. O objetivo é discutir temas referentes à gestão pública da Capital, a exemplo de Saúde, Educação, Segurança, Mobilidade Urbana, Cultura, Turismo. No último evento, em 19 de janeiro passado, o tema debatido foi saúde.

No seminário, o professor Moacir Carneiro debateu questões ligadas às políticas públicas da educação, mostrando que o Brasil precisa rever suas ações na área, principalmente Plano Nacional de Educação (PNE). “O país ficou três anos sem um plano de educação. O atual PNE é um peça legal exagerada, com 18 diretrizes e 20 metas. Mas, estas metas não estão sendo plenamente realizadas. Ainda não alcançamos as metas para potencializarmos as creches”, disse o professor.

Segundo o professor, o papel da creche seria desenvolver a capacidade de abstração, generalização, classificação e aplicação do conhecimento pelas crianças atendidas. Para ele, a educação infantil não tem se expandido de maneira adequada no Brasil, na Paraíba e em João Pessoa. Ele defendeu que é importante ter a oferta da educação infantil integrada a rede de educação básica e fundamental. “Muitos estudantes tiram notas baixas no Enem devido ao fato dos governos não cuidarem da educação infantil. Muitos adultos não têm capacidade de desenvolver questões demandas e associadas a essas capacidades de abstração e categorização”, disse.

Além de Manoel Junior e Moacir Carneiro, também participam do seminário os professores Jean Patrick, da Fundação Ulisses Guimarães; Ariosvaldo Barbosa, especialista em Educação e Tecnologia; e o Marcos Barach, professor da UFPB.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.