Início Geral

Mantega diz que est?mulo a montadoras viabiliza exporta??es para Argentina

O ministro da Fazenda Guido Mantega disse hoje (28), em palestra na capital paulista, que são necessários novos estímulos às montadoras de automóveis como forma de viabilizar o aumento das importações por parte da Argentina. “Neste momento, há uma dificuldade de exportar para Argentina que é nosso principal parceiro automobilístico. Houve retração da exportação para um mercado importante”, declarou ao participar do seminário Rumos da Economia, organizado pela editora Brasileiros.

Ele destacou que o governo está negociando com o país a liberação de entraves para exportação de automóveis e viabilizando financiamento. Mantega Um caso de estupro foi registrado na comunidade Saturnino de Brito, em Jaguaribe, Zona Oeste da Capital. Segundo informações da Polícia Militar uma menina de 11 anos sofreu uma tentativa de estupro por parte do próprio pai, um feirante, na manhã desta segunda-feira (28).

A menina que sofreu o atentado afirmou juntamente com a irmã, de 13 anos, que o pai delas já havia tentando estuprá-las por várias vezes mas, elas nunca revelavam a mãe, com medo de que ela pudesse não acreditar e acabar agredindo as menores.

Nesta manhã o silêncio das garotas chegou ao fim. A mãe, dona de casa, estava realizando seus afazeres domésticos no quintal da casa, enquanto as duas filhas ainda estavam na cama. O pai que havia saído de casa cedo, chegou novamente na casa e sem chamar à porta adentrou na residência onde foi ao quarto das meninas.

Em determinado momento a mãe escutou algum barulho e percebendo a presença de alguém na casa entrou para averiguar, ao entrar no quarto das filhas flagrou o marido, pai das meninas, seminu e tentando abusar da filha caçula deles.

Ao presenciar a cena, a mãe das meninas entrou em desespero e ligou para a polícia; com o flagra o pai fugiu do local e é considerado foragido da polícia, uma vez que a mãe prestou queixa contra ele na Delegacia do Menor, em Jaguaribe e a polícia já realizou buscas para tentar localizá-lo.

Mantega avaliou que a crise econômica mundial está arrefecendo, mas que o processo de abertura dos mercados são diferentes. “Caminha lentamente a recuperação da economia mundial. Para alguns países, as nossas exportações continuam caindo”, declarou. Ele citou o caso das exportações para a Argentina que, no primeiro trimestre caíram 11,1% e para os países da União Europeia (-6,7%). As exportações para os Estados Unidos, por outro lado, registraram alta de 6,6% no período.

Durante a palestra, diferentemente da projeção de crescimento feita pelo governo, que é de 2,5%, Mantega falou em taxa de 2,3%, igual à do ano passado. Ele justificou, no entanto, que se trata de uma previsão e, portanto, não é precisa. “É algo em torno de 2,3%, 2,5%, a gente vai revendo na medida em que tivermos resultados concretos”, explicou antes de deixar o evento. O ministro disse que nos instrumentos oficiais, como a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), não é possível alterar a qualquer momento, por isso lá consta 2,5%.

O ministro defendeu, como prioridades da política de desenvolvimento, o aumento dos investimentos, especialmente em infraestrutura e em capital humano; a expansão do mercado interno; além da manutenção do emprego e do estado de bem estar social. As projeções do governo brasileiro apontam crescimento de 3% para 2015 e 4% em cada um dos dois anos seguintes.

Palavras Chave

Portal Correio
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.