Início Geral

Maranhão diz que PMDB-PB optou pela “unidade nacional da legenda” ao deixar Dilma

O presidente estadual do PMDB, senador José Maranhão, afirmou, na manhã desta quinta-feira (29), que a decisão da bancada paraibana seguiu a tendência e que foi “a reafirmação da unidade nacional do partido”. Ele evitou comentar sobre a saída de peemedebistas dos cargos federais ocupados na Paraíba e admitiu que o impeachment será discutido na direção nacional, à tarde.

Segundo Maranhão, a linha mestra da decisão do PMDB da Paraíba, tomada na noite desta segunda-feira (29), foi pela manutenção do entendimento nacional. “Optamos pela unidade do partido. O PMDB tinha que vir para uma reunião do diretório nacional, que é hoje, com uma posição. E a nossa posição é essa: reafirmação da unidade nacional do partido”, argumentou.

Ele evitou comentar quantos peemedebistas têm cargos na Paraíba. “Eu posso dizer que eu não tenho nenhum. Tem alguns cargos por aí, mas eu não falo pelos outros. Eu falo por mim”, disse.

Para ele, o rompimento do PMDB nacional com o governo da presidente Dilma Rousseff está praticamente confirmado e a decisão da tarde desta terça-feira se dará por proclamação. “Eu acho que a decisão vai ser homologada e está praticamente tomada. A grande maioria vota pelo desembarque imediato do PMDB dos cargos que ocupa no governo federal”, comentou.

As declarações do senador José Maranhão foram dadas ao programa ‘Correio Debate’, da 98FM, nesta terça. A reunião do PMDB paraibano ocorreu na noite desta segunda-feira (28), no gabinete de José Maranhão (PMDB), no Senado Federal.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.