Marido persegue e mata esposa a facadas ap?s suspeitar de trai??o, na Para?ba

19
COMPARTILHE

Um homem de 30 anos foi preso, na tarde desta quarta-feira (3), em Guarabira, no Brejo paraibano, a 103 km de João Pessoa, suspeito de matar a esposa a facadas após ter descoberto um suposto caso de traição. O crime ocorreu momentos após a vítima, de 23 anos, deixar o filho na escola e ser surpreendida pelo marido.

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com o coronel Valério, comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar em Guarabira, o casal vivia junto a cerca de nove anos e o homem teria cometido o crime por estar com raiva da esposa, que teria praticado um caso extraconjugal.

“Eles se separaram no sábado (30), após o suspeito ter descoberto um caso de traição praticado pela sua esposa. No sábado, houve uma discussão e o rapaz jurou a vítima de morte, passando a  persegui-la. Nesta quarta, ela foi deixar a criança na escola e acabou sendo esfaqueada pelo suspeito”, disse o coronel.

A vítima foi ferida com três facadas e caiu no chão, sendo socorrida para um hospital de Guarabira, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Ainda segundo o coronel, após cometer o crime, o suspeito fugiu para um sitio, onde foi perseguido pela polícia.

“Soubemos do paradeiro dele e nos dirigimos até o local indicado. Ao chegarmos lá, encontramos a moto e, ao perceber a chegada da polícia, ele iniciou fuga a pé por um matagal. Nos dividimos e conseguimos captura-lo”, disse coronel Valério.

O suspeito foi levado para a Delegacia da Polícia Civil em Guarabira, onde foi autuado em flagrante e deve ser encaminhado ao Presídio Regional de Guarabira.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas