Início Geral

Menina que ficou presa em ralo de piscina reage, mas continua em estado grave

A menina de 12 anos que se afogou após ficar com o cabelo preso no ralo de uma piscina, vem reagindo, recuperando movimentos e abrindo os olhos, mas continua em estado grave, segundo avaliação dita nesta segunda-feira (10), ao Portal Correio, pelo diretor do Hospital de Trauma de Campina Grande, Geraldo Medeiros. O afogamento aconteceu em uma granja da Zona Rural de Lagoa Seca, município do Agreste paraibano, a 129 km de João Pessoa, no dia 1º deste mês.


Leia também: Menina fica em estado grave após prender cabelo em ralo de piscina e se afogar; vídeo

Segundo o diretor, a menina conseguiu abrir os olhos por alguns momentos e mexeu os braços. Porém, como ela sofreu uma lesão cerebral considerada grave, o prognóstico do caso ainda não é definitivo.


Leia mais Notícias no Portal Correio

“Ela está um pouco melhor, passou por novos exames. Esboçou movimentos nos braços e abriu os olhos por alguns instantes. Ainda existe risco de morte, pois é uma paciente grave, com lesão cerebral importante e que necessita de muito tempo para se ter uma avaliação melhor do prognostico”, disse o diretor.

Ainda segundo o médico Geraldo Medeiros, a menina vai passar por novos exames de tomografia para acompanhamento da lesão cerebral.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.