Início Geral

Metade das famílias brasileiras tem ao menos um integrante que gasta demais

Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostrou que metade das famílias brasileiras tem ao menos um integrante que gasta mais do que deveria, deixa de pagar contas ou adota outra prática que prejudica equilíbrio do orçamento familiar.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Apesar disso, quando consideradas as decisões sobre o orçamento familiar, 70% das famílias dos entrevistados têm o hábito de conversar a respeito dos gastos, sendo que para 49% as decisões sobre os gastos e investimentos são tomadas em conjunto e 21% afirmam que todos participam do debate, mas a decisão final sobre como gastar ou investir é tomada por uma pessoa.

O levantamento também apontou que maioria das famílias tem o hábito de conversar sobre gestão financeira e orçamento da casa, sendo que 28% não o fazem com uma frequência definida, 27% conversam todos os meses e outros 27% falam sobre o assunto quando a situação financeira não está boa. Há ainda 8% que não acham necessário conversar, 5% que evitam falar por causa de brigas e 6% por outros motivos.

Com relação à divisão das contas, em 25% dos domicílios elas são divididas igualmente entre os que possuem renda, em 21% são divididas de acordo com os rendimentos de cada morador com renda, em 11% não há controle muito rígido e em outros 11% dos lares os moradores contribuem com algum dinheiro, mas o direcionamento do pagamento é feito por apenas uma pessoa. Por outro lado, 30% dizem que dizem que não há divisão: apenas um morador arca com todas as despesas.

Para o educador financeiro do SPC Brasil e do portal Meu Bolso Feliz, José Vignoli, o diálogo é a melhor maneira de estimular práticas de consumo mais responsáveis. “É importante que todos os integrantes da família estejam cientes das despesas da casa. Isso ajuda a controlar excessos e manter as contas no azul, além de contribuir para constituir uma reserva financeira, seja para emergências, seja para um sonho de consumo em comum”, ressalta.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.