Início Geral

Ministro cobra que governo da Paraíba execute obras estaduais da transposição

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, cobrou nesta segunda-feira (17) que o governo da Paraíba faça as obras estaduais para que as cidades recebam água da transposição do Rio São Francisco.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Ele se reuniu à tarde, em Brasília, sob convocação do procurador-geral de Justiça da Paraíba, Bertrand Asfora, e tratou sobre a crise hídrica com representantes da Cagepa, da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), da Agência Nacional das Águas (ANA), com o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, e com o deputado federal Rômulo Gouveia (PSD).

Segundo o que foi apresentado na reunião, o que estaria impedindo a celeridade das obras na Paraíba é um problema em Monteiro, onde o local de recepção da água limpa do rio se encontra com outro ponto onde são depositados dejetos. Esse seria um “gargalo” no processo de transposição na Paraíba.

O Portal Correio tentou contato com a Cagepa e com a Aesa para saber o que o Estado deve fazer para resolver o problema, mas os representantes ainda estavam em Brasília discutindo o assunto e não atenderam as ligações.

A Paraíba enfrenta séria crise hídrica, sob risco de deixar sem água cerca de 1,4 milhão de pessoas em 2017. O açude de Boqueirão, que abastece Campina Grande, a segunda maior cidade do estado, tem apenas 6,3% da capacidade e pode secar totalmente até o início do próximo ano se não houver chuvas.

Atualmente, dos 223 municípios paraibanos, apenas 27 têm segurança hídrica e todos estão no Brejo ou no Litoral do estado, onde há maiores índices pluviométricos. As demais cidades, que correspondem a quase 90% do estado, enfrentam graves problemas por conta da estiagem prolongada e estão em situação de emergência.

O governo federal garante que as obras de transposição na Paraíba estarão prontas em dezembro deste ano. Para a água chegar às torneiras, é preciso que sejam feitas obras estaduais, que dependem do governo da Paraíba.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.