Detran-PB

Efeitos luminosos

#SouRepórterCorreio

TV Correio

José Mariz
José Mariz (Foto: Jornal CORREIO/Arquivo)

Morre aos 78 anos José Mariz, irmão do ex-governador Antônio Mariz

José Mariz foi conselheiro do TCE de 1995 a 2010, quando se aposentou. Em 2004, ele foi empossado presidente do órgão

667
COMPARTILHE

Morreu na tarde desta terça-feira (11) aos 78 anos, o ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), José Mariz. Ele teria sofrido um infarto em casa e morrido no local. O velório está previsto para iniciar às 20 horas, no Parque das Acácias, onde ocorrerá o sepultamento, às 16 horas da quarta-feira (12).

José Mariz foi conselheiro do TCE de 1995 a 2010, quando se aposentou. Em 2004, ele foi empossado presidente do órgão. Ele era irmão do ex-governador Antônio Mariz, que morreu em 1995.

Perfil

José Marques Mariz é Natural de João Pessoa , tinha 78 anos e foi detentor de cargos técnicos diversos na Companhia Hidrelétrica do São Francisco, ocupou ainda, as presidências da Companhia Energética de Pernambuco (Celbe) e da Sociedade Anônima de Eletrificação da Paraíba (Saelpa).

Comandou, também, a Secretaria das Minas e Energia de Pernambuco, de 1990 a 91, e a de Planejamento do Estado da Paraíba, em 1995. Em 31 de outubro deste mesmo ano, tomou posse do cargo de conselheiro do TCE, órgão que presidiu durante três anos, o primeiro dos quais (em 2004, na condição de vice-presidente) em decorrêncvia da aposentadoria do titular Luiz Nunes.

Tribunal de Contas decreta luto

O Tribunal de Contas do Estado decretou Luto Oficial de cinco dias em razão do falecimento do conselheiro aposentado José Marques Mariz, aos 78 anos de idade, ocorrido na tarde desta terça-feira (11), vítima de infarto.

O presidente, conselheiro André Carlo Torres Pontes, e demais membros da Corte, lamentaram, profundamente, o falecimento de José Marques Mariz. Por meio da Portaria de nº 202, assinada nesta data, o presidente também determina que seja hasteada a meio mastro a bandeira do TCE-PB.

Com o inesperado ocorrido, a sessão ordinária do Tribunal Pleno, agendada para esta quarta-feira, às 9h, será declaratória. Os processos foram adiados para a quinta-feira (13), a partir das 14h, em sessão extraordinária. Na ocasião acontecerá a escolha dos novos dirigentes da Corte de Contas para o biênio 2019/2020.

*Com Adriana Rodrigues, do jornal CORREIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas