Morre motorista que foi baleado durante invas?o de festa no Sert?o da Para?ba

18
COMPARTILHE

Morreu na noite desse domingo (3), uma das vítimas baleadas no município de Santa Cruz, no Sertão do estado a 445 km de João Pessoa, durante uma festa de confraternização. Hilton Nogueira do Nascimento, 65 anos, trabalhava como motorista no Centro Educacional do Adolescente (CEA), na cidade de Sousa. Duas pessoas continuam internadas.

Leia mais Notícias do Portal Correio

Segundo informações da Polícia Militar, o motorista morreu no Hospital de Trauma em Campina Grande horas depois de ter sido baleado. Conforme a unidade de saúde, a vítima foi baleada na cabeça, braço e tórax.

De acordo com a PM, uma mulher e dois homens foram atingidos por disparos de arma de fogo na manhã deste domingo em um crime passional. Os disparos foram efetuados pela mesma pessoa, que segundo o comando do 14º Batalhão da Polícia de Sousa, teria cometido a tripla tentativa de homicídio por ciúme da ex-mulher.

De acordo com o major Jurandy Pereira, comandante do batalhão, o suspeito estaria inconformado com a separação e invadiu a casa onde estava a ex-mulher de 43 anos, no município de Santa Cruz, no Sertão, e tentou agredi-la. No momento acontecia uma festa na residência e o suspeito foi contido por familiares da mulher.

Ele saiu do local e após alguns minutos voltou armado e efetuou vários disparos contra a ex-esposa. A vítima foi atingida na região do abdômen e levada para o Hospital Regional de Sousa.

Ainda segundo o major Jurandy Pereira, “instantes depois, já na cidade de São Francisco”, também no Sertão, o mesmo homem atirou contra dois primos da ex-mulher, um idoso de 65 anos e um jovem de 22 anos.

Os policias militar do 14º Batalhão realizam buscas na região para capturar o suspeito. Até o fechamento desta matéria, às 12h20, ele não havia sido preso.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas