Moeda: Clima: Marés:
Início Notícias

Morre no Trauma idosa transferida de UPA após incêndio

Uma idosa de 79 anos, que foi transferida da UPA – Dinamérica para o Hospítal de Trauma de Campina Grande, após o incêndio na Unidade, morreu na tarde desta sexta-feira (23). De acordo com o cirurgião Gilney Porto, a suspeita é de que a idosa teria inalado gases tóxicos durante o princípio de incêndio que aconteceu na UPA.

Conforme informações do cirurgião, já na chegada da idosa ao hospital, por volta das 9h, o quadro dela já era muito grave. Ela estava em coma e respirava com ajuda de aparelhos. O corpo da idosa foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), para realização de exames que indiquem as causas da morte.

“A suspeita é que ela inalou gases tóxicos durante o incêndio, porém só o laudo do IML pode constatar as causas da morte. Ela chegou em estado muito grave, com pressão baixa e respirando com ajuda de aparelhos”, disse o cirurgião Gilney Porto.

Idosa foi medicada

Ainda conforme informações do cirurgião Gilney Porto, a idosa chegou a ser medicada no Hospital de Trauma, mas não resistiu e acabou morrendo. A equipe de plantão ainda tentou reanimá-la, mas a ação não surtiu efeito.

“Ela já chegou no Hospital entubada. Mesmo assim, medicamos a idosa, porém ela não resistiu e morreu. Ainda tentamos fazer massagens cardíacas tentando reanimá-la, mas não tivemos êxito”, completou o médico.

Laudo

Até o fechamento desta matéria, o laudo com as causas da morte da idosa não tinha sido concluído pelo Instituto Médico Legal.

Comentários

igor disse:

triste isso

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.