Início Geral

Motorista que estacionar nas calçadas de Cabedelo será multado

A partir desta quinta-feira (3) a Superintendência de Mobilidade Urbana de Cabedelo (Semob) vai intensificar a fiscalização contra os motoristas que estacionam carros em calçadas. A operação, chamada de ´Passeio Livre´, vai começar pela Rua José Alves de Oliveira e na Avenida Duque de Caxias. Comente no fim da matéria.


Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo a Semob, a operação é fruto da reclamação de motoristas e pedestres e vai tentar fazer com que os motoristas cumpram o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que proíbe o estacionamento de veículos em calçadas, acarretando aplicação de multas e remoção do veiculo.

“Queremos coibir o estacionamento ilegal e dar ao passeio público a função a que se destina, que é trânsito de pedestres. A operação começa pela via central, mas queremos que ela seja intensificada por toda a cidade de Cabedelo”, disse a coordenadora de Educação no Trânsito da Semob, Telma Santos.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

  • Jhonnes. disse:

    Eles deveriam começarem a multar entre si pois eles já andam todos errados em colocarem peliculas escuras nos carros e peliculas escuras no parabrisa pois é proibido por lei,ninguém ver quem está dentro dos carros da semob não se sabem se eles andam com o cinto de segurança, em todo o canto que vc está errado os guardas chegam descem dos carros e dão dois apitos caso não apareça ninguém eles multam, os de cabedelo não descem do carro não apitam eles apenas param de longe e multam, é só isso que eles sabem fazer, eles tem que tirar a película escura do parabrisa é lei e a lei é pra todos, nem a PRF andam com os vidros escuros.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.