Motta avalia se a CPI da Petrobras tamb?m pode investigar a Eletronuclear

13
COMPARTILHE

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, deputado Hugo Motta (PMDB-PB), pediu a sua assessoria para avaliar se a comissão pode investigar também a Eletronuclear, novo alvo da Operação Lava-Jato da Polícia Federal.

Leia mais notícias de Política do Portal Correio

A Polícia Federal prendeu nessa terça-feira (28) o presidente licenciado da empresa, almirante Othon Luiz Pinheiro da Silva, e o presidente da Andrade Gutierrez Energia, Flávio David Barra, por suspeita de corrupção em contratos para a construção da usina nuclear Angra 3.

“Estou com a equipe estudando, já que o nosso campo de investigação são apenas em casos inerentes à Petrobras. Temos de saber se podemos adentrar em outra área ou não”, disse Motta.

Ele lembrou que houve questionamento pelo PT no início dos trabalhos da CPI para ampliar as investigações para antes de 2005 e, assim, incluir o governo Fernando Henrique Cardoso, mas o pedido foi negado.

Cronograma

Motta falou sobre as oitivas da próxima semana na comissão. No dia 5 de agosto, às 14 horas, serão ouvidos dois executivos asiáticos que estão à frente de empresas mencionadas como fontes de pagamento de propina na Petrobras, a Samsung e a Mitsui.

Depois de ouvir os empresários, a CPI da Petrobras vai fazer uma acareação entre o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, no dia 6 de agosto, às 9h30.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas