Início Geral

MP da It?lia pede pris?o de Robinho por suposto envolvimento em estupro coletivo

O Ministério Público da Itália pediu a prisão preventiva do jogador brasileiro Robinho. O atacante do Santos é investigado pela suposta participação em um estupro coletivo em janeiro de 2013, em Milão. O crime teria acontecido contra uma brasileira de 18 anos. A informação é do jornal ‘Corriere della Sera’.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

Apesar do pedido, a juíza italiana Alessandra Simon negou a prisão, alegando que o atleta não possui antecedentes criminais e por morar fora do País, algo que não interfere nas investigações do caso. A publicação do jornal deu detalhes de que Robinho teria conhecido a jovem em um restaurante. O jogador estava com sua esposa e mais cinco amigos. Segundo vítima, Robinho teria sido o mentor do suposto crime. A brasileira denunciou o ocorrido seis meses depois do estupro coletivo.

Vivendo grande fase no Santos, Robinho passou por uma situação parecido em 2009, quando atuava pelo Manchester City-ING. Na época, ele foi acusado de ter violentado uma mulher dentro de uma boate em Leeds, na Inglaterra. Após passar por um processo de investigação e ter negado o crime, Robinho foi absolvido pela justiça britânica.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.