Moeda: Clima: Marés:
Início Notícias

MP acompanha caso sobre execuções de líderes do MST

A promotora de Justiça de Alhandra, Ilcléia Mouzalas, instaurou procedimento administrativo para acompanhar as investigações sobre as mortes de Rodrigo Celestino e José Bernardo da Silva, lideranças do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), assassinados na noite de sábado (8), no assentamento Dom José Maria Pires, que fica no município de Alhandra, no Litoral Sul do estado.

Leia também: Militantes do MST são executados no Litoral paraibano

Além da promotora, quem também vai acompanhar o caso é o promotor de Justiça Márcio Gondim, designado pelo procurador-geral de Justiça, Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho.

O crime

De acordo com uma nota oficial divulgada pelo MST-PB, homens encapuzados invadiram o acampamento enquanto o grupo jantava, e efetuaram diversos disparos contras as vítimas, que não resistiram e morreram no local. Na nota, o MST-PB ainda cobrou justiça e reafirmou a luta em defesa da terra.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.