Início Geral

MPPB não concorda com proposta orçamentária encaminhada pelo Executivo estadual

Em ofício do procurador-geral de Justiça ao presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado estadual Gervásio Maia Filho (PMDB), o Ministério Público da Paraíba não concorda com a proposta orçamentária – Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) –, relativa ao exercício financeiro de 2018, encaminhada pelo Poder Executivo. Comente no fim da matéria.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

No ofício, o procurador-geral Bertrand Asfora lembra que o orçamento do MPPB permanecerá congelado pelo terceiro ano consecutivo. “Isso torna inviável o funcionamento do Ministério Público para o exercício de 2018”, alerta Asfora.

O Artigo 35 do Projeto de Lei 1.337/2017 (LDO 2018) impõe ao MPPB como limite para a elaboração de sua proposta orçamentária para o ano que vem o total de despesas fixadas na Lei Orçamentária de 2017, vinculada às fontes “100 e/ou 101” acrescida das suplementações. “Isso não atende às necessidades do Ministério Público da Paraíba e estamos pleiteando a reformulação do caput do Artigo 35 para que obedeça o estabelecido na Lei 10.632/2016 (Plano Plurianual – PPA)”.

A redação do Portal Correio tentou falar sobre este assunto com representantes do governo do Estado, mas não foi possível estabelecer contato.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.