Início Geral

MPPB recomenda que a Torcida Jovem do Galo seja banida dos estádios

Nesta sexta-feira (11), o Ministério Público da Paraíba, na pessoa do procurador de Justiça e coordenador da Comissão Estadual Permanente de Prevenção e Combate a Violência nos Estádios, Valberto Lira, enviou à Federação Paraibana de Futebol e à Polícia Militar um documento que recomenda que a Torcida Jovem do Galo deve ser banida dos estádios paraibanos por seis meses.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

O MP justifica a solicitação ao relembrar uma confusão ocorrida no Estádio Marizão, em Sousa, no Sertão da Paraíba, a 438 km de João Pessoa, no último domingo (6), em que membros da torcida em questão e torcedores do Dinossauro se enfrentaram, provocando um intenso tumulto que só acabou após a intervenção da PM.

Valberto Lira, ao fundamentar o pedido, citou também o artigo 39-A do Estatuto do Torcedor, cujo texto diz que “a torcida organizada que, em evento esportivo, promover tumulto; praticar ou incitar a violência; ou invadir local restrito aos competidores, árbitros, fiscais, dirigentes, organizadores ou jornalistas será impedida, assim como seus associados ou membros, de comparecer a eventos esportivos pelo prazo de até três anos”.

Se a recomendação for acatada pela FPF, nenhum torcedor trezeano poderá entrar nos estádios com objetos que façam alusão ou vínculo com a Torcida Jovem do Galo pelo período de banimento solicitado.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.