Mulher emagrece para se livrar de tornozeleira e é presa pela 2ª vez vendendo drogas

60
COMPARTILHE

Uma jovem de 24 anos foi presa suspeita de vender drogas perto de uma escola no bairro do Grotão, em João Pessoa, nessa terça-feira (17), durante uma operação da Polícia Militar. A mulher, que deveria estar cumprindo prisão domiciliar, retirava a tornozeleira eletrônica para comercializar o entorpecente. Na casa da suspeita, os policiais apreenderam cerca de 2,5 kg de maconha. Veja vídeo abaixo 

Leia mais Notícias do Portal Correio

O capitão Sidney Paiva, que coordenou a ação, disse que a Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima sobre a movimentação do tráfico e foi averiguar. Quando chegou ao imóvel encontrou os tabletes de drogas. Na casa, os policiais constataram que a jovem estava em liberdade há três meses e deveria estar cumprindo a prisão domiciliar usando a tornozeleira eletrônica, mas não utilizava o equipamento.

“A mulher respondia por tráfico de drogas e estava respondendo em prisão domiciliar por causa dos filhos. Mas, deveria estar usando a tornozeleira eletrônica, por ordem judicial. Ela disse que emagreceu e conseguia retirar o aparelho com a ajuda de detergente líquido. Como o equipamento ficava em casa, para as autoridades a jovem cumpria prisão, porém, ela aproveitava e saia para o tráfico e outros afazeres. A tornozeleira não foi danificada”, disse o capitão.

A mulher e o material apreendido foram levados para a Central de Polícia Civil de João Pessoa. Ela será levada para a audiência de custódia nesta quarta. 

Confira reportagem da TV Correio:

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas