Início Geral

Mulher esconde droga e pen drive na vagina e ? presa ap?s revista em pres?dio da Para?ba

Uma mulher de 28 anos foi presa quando tentava entrar no Presídio Regional de Sapé, na Zona da Mata paraibana, com 200g de maconha e um pen drive escondidos na vagina. O flagrante ocorreu nesse domingo (29). Maria Karina Antero Santana é companheira do detento Romerito da Silva Lima, que cumpre pena por tráfico de drogas. Por causa do flagrante, nove apenados estão no isolado.

Leia mais Notícias no Portal  Correio

Segundo Silva Neto, diretor da unidade prisional, a intenção era comercializar a droga dentro do presídio. A maconha seria vendida ao preço mínimo de R$ 50, por cada cinco gramas do entorpecente.

“Descobrimos de que a mulher estava fazendo o transporte do material e ficamos em observação. Quando Maria Karina chegou, eu falei com ela e perguntei o que trazia escondido, mas como negou, a levei para o Hospital Sá Andrade e, através de radiografia, ficou comprado que a jovem estava com um pen drive e maconha na vagina”, falou o direto.

Maria Karina e Romerito da Silva foram levados para a delegacia local e atuados. A mulher foi indiciada por tráfico de drogas e levada para o presídio feminino Júlia Maranhão, o ‘Bom Pastor’, de João Pessoa. O pen drive será periciado para saber o conteúdo da mídia.

Transferências

Silva Neto revelou que pediu a transferência de oito detentos que seriam beneficiados com a entrada da droga no presídio e por estarem planejando a instalação de uma facção. “A investigação apontou que oito presos estavam se articulando para instalar uma facção criminosa na unidade. Eles também seriam beneficiados com a droga que estava sendo transportada pela mulher. Os apenados deverão ser transferidos para o Presídio PB1, em João Pessoa”.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.