Governo Bolsonaro

Ensino Superior

#SouRepórterCorreio

TV Correio

mulher
Nenhum suspeito foi preso (Foto: Reprodução/TV Correio)

Mulher morre ao tentar salvar filho de tiroteio em João Pessoa

Bandidos foram à praça no bairro Costa e Silva para matar um homem e bala perdida acabou atingido a mulher. O alvo dos criminosos também morreu

967
COMPARTILHE

Uma mulher de 30 anos morreu, na noite dessa quinta-feira (15), no bairro Costa e Silva, em João Pessoa, após tentar proteger o filho de um tiroteio. Ana Gloria de Sousa Oliveira, 30 anos, foi vítima de bala perdida.

Leia também:

Segundo apuração da TV Correio, bandidos armados estacionaram um carro em uma praça e desceram para executar um homem identificado como Willames Joaquim da Silva, de 40 anos. Ao ouvir os disparos, Ana Glória correu para proteger um dos filhos, que estava na frente de casa, área muito próxima ao tiroteio. Ela foi atingida por uma bala perdida e caiu na calçada. Tanto Ana Glória, quanto Willames morreram na hora.

Revolta

Indignada, uma irmã de Ana Gloria de Sousa reclamou da insegurança com a qual a sociedade é obrigada a lidar dia a dia. “Minha irmã é uma cidadã de bem. Foi vítima da violência que o Brasil está vivendo. Tem que acabar com isso, gente. Família de bem não aguenta mais viver isso, é muito triste”, desabafou.

Susto

Uma casa perto da praça onde aconteceu o tiroteio também foi atingida. Uma bala ultrapassou o portão e a vidraça da porta da sala. Uma moradora estava ao lado do lugar por onde o bala passou e por muito pouco não acabou ferida. “Passou do meu lado”, disse, à TV Correio, bastante abalada.

Investigação

A Polícia Civil vai apurar a autoria e motivação do crime. Até a manhã desta sexta (16), nenhum suspeito tinha sido preso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas