Início Geral

Mulher morre com suspeita de H1N1 na PB; Saúde investiga 11 casos da doença

Uma paraibana de 55 anos pode ter morrido com a gripe do tipo Influenza A, provocada pelo vírus H1N1. Ela morava em Puxinanã, na Região Metropolitana de Campina Grande, e morreu na madrugada da quinta-feira (31).

Ela estava internada no Hospital de Trauma de Campina Grande com suspeita da gripe, na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) desde o dia 12 de março, mas não respondeu ao tratamento. Nessa sexta (1º), mais uma mulher foi internada no Hospital Geral de Queimadas com suspeita da doença, segundo a 3ª Gerência Regional de Saúde.

“Rapidamente o quadro evoluiu para grave apresentando muita tosse e desconforto respiratório intenso. Com isso, os médicos decidiram intubá-la. Com o agravamento dos sintomas ela acabou morrendo”, explicou o diretor do Trauma, Geraldo Antonio de Medeiros.

A gerente da Regional de Saúde, Tatiana Medeiros,disse que são sete casos acompanhados. “O último ocorreu na tarde de ontem, quando a nossa equipe foi chamada para colher material para exame em uma paciente com sintomas da gripe”.

A Secretaria de Saúde do Estado informou que a gripe H1N1 não é uma doença de notificação compulsória. Atualmente, é feito o monitoramento da circulação viral no Estado e o acompanhamento somente dos casos graves.

H1N1 na Paraíba:

– 11 suspeitos

– 7 casos confirmados

– 5 em João Pessoa

– 1 Campina Grande

– 1 Soledade

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.