Início Notícias

Nabor contraria Maranhão e revela que pode deixar MDB

Contrariando o que disse na semana passada o senador José Maranhão, principal líder do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) na Paraíba e presidente estadual da sigla, o deputado estadual Nabor Wanderley (MDB) não descartou que pode deixar a legenda este ano. Nabor é contra que o partido faça o mesmo movimento que fez no pleito de 2014, quando disputou as eleições proporcionais sem se coligar com nenhum partido.

Para o deputado, que foi eleito com 40.138 votos, o MDB não deveria cometer o mesmo erro, já que essa estratégia, segundo ele, deve dificultar que candidatos da sigla se reelegam para a Assembleia Legislativa da Paraíba.

“Nós tivemos na última eleição, quando PMDB saiu sozinho, uma disputa fratricida dentro do próprio partido, com os colegas tendo que conseguir votos de toda forma para se reeleger, e a gente não quer isso para esse ano. Então pedimos isso para o senador José Maranhão, para que a gente possa compor uma coligação para disputar no mesmo patamar que outras coligações, para não ficarmos isolados e dificultar a eleição de vários colegas dentro de um quociente altíssimo”, analisou.

Ainda de acordo com o parlamentar, foi dado um prazo para José Maranhão dar uma resposta final sobre o assunto. A despeito do que muitos imaginavam, a unidade das oposições vem se tornando cada vez mais improvável, muito em virtude dos movimentos do senador da República, que vem tentando emplacar uma candidatura sua ao governo estadual.

Preocupado com essa possibilidade se traduzir em uma chapa proporcional apenas com o MDB, Nabor não descarta a sua saída do partido. “Estou aguardando o que vai ter de novidade em março, mas eu não descarto a possibilidade de migrar para outro partido, se o MDB não nos der a garantia de uma coligação partidária”, disparou.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.