Início Geral

“Não aguento mais”, diz comerciante ao ter o mercadinho assaltado pela 9ª vez na Paraíba

Um senhor de 65 anos mora com a família há 16 anos em João Pessoa. Na capital paraibana, ele se estruturou e montou o seu próprio empreendimento. Ele veio de Brasília por não suportar os constantes assaltos ao mercadinho que tinha lá. Uma década depois, a cena se repete, agora, em João Pessoa. Após ter o estabelecimento assaltado pela nona vez, ele fez um desabafo: “não aguento mais. Vou fechar as portas e demitir oito funcionários”, disse o comerciante ao vivo no Programa Cidade Alerta Paraíba, TV Correio, nessa quinta-feira (3).

Leia mais Notícias do Portal Correio

O comerciante informou que de 2014 até essa quinta (3) foram nove assaltos ao estabelecimento comercial dele, que fica no bairro José Américo, Zona Sul de João Pessoa. Vários boletins de ocorrências foram registrados, mas, de acordo com a vítima, os suspeitos continuam soltos. Em menos de uma semana, o local foi alvo de criminosos duas vezes.

As imagens de câmeras de segurança do mercadinho mostram quando dois homens chegam em uma motocicleta e com capacetes invadem o local. Um deles rouba o dinheiro do estabelecimento e do caixa de um banco postal – que fica dentro do mercadinho. O outro comparsa fica na porta dando cobertura. Minutos depois eles fogem.

“Constatamos que os assaltantes são os mesmos. Já denunciamos, registrei vários boletins de ocorrências, mas até agora nada. É uma sensação de insegurança que não suporto mais e vou ter que fechar o mercadinho e demitir os oito funcionários. É lamentável, mas não tenho outra saída”, falou emocionado ao Cidade Alerta PB.

De acordo com o major Cristóvão Lucas, chefe da assessoria de imprensa da Polícia Militar da Paraíba, o bairro José Américo é constantemente vigiado pelas forças de segurança. Equipes da Força Tática e Motopatrulhamento fazem o policiamento no local diariamente. “Uma unidade de policiamento da PM foi instalada no bairro, mas, infelizmente, os policiais não podem ficar estáticos no local porque tem que atender as ocorrências, porém, vamos reforçar a segurança no bairro”, falou.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.