Moeda: Clima: Marés:
Início Tempo

Nove famílias têm casas invadidas pela água do Rio Gramame em João Pessoa

Casas que foram atingidas estão sendo avaliadas e os moradores só poderão retornar depois que a Defesa Civil atestar segurança
Rio
Famílias estão recebendo assistência (Foto: Divulgação/Secom-JP)

Com as chuvas que vêm atingindo a Capital nos últimos dias, o nível do Rio Gramame aumentou e casas de pelo menos nove famílias foram invadidas pela água nesse sábado (28), em área rural de Engenho Velho, comunidade localizada às margens do rio, na Zona Sul de João Pessoa.

Trinta e nove pessoas estão sendo atendidas pela gestão municipal, que providenciou abrigo, alimentação e acompanhamento dos técnicos da saúde e da assistência social. As famílias foram resgatadas pelas equipes do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil e encaminhadas para o Centro de Atividades e Lazer Padre Juarez Benício (CEJUBE), equipamento do Governo do Estado, que fica em Gramame. O local tem chalés onde as famílias estão abrigadas.

Assistentes sociais, enfermeiros e médico estão testando os moradores para Covid-19, atendendo crianças que apresentaram sintomas como febre, prescrevendo medicação e fazendo atendimentos de primeiros socorros para quem precisa. As crianças também estão sendo vacinadas e os cartões de vacina atualizados.

Neste domingo (29), pela manhã, todos foram recepcionados pelos técnicos da Prefeitura e as crianças receberam brinquedos.

“As casas que foram atingidas pela chuva estão sendo avaliadas e os moradores só poderão retornar depois que a Defesa Civil atestar que as habitações estão seguras”, disse o secretário de Desenvolvimento Social, Dorgival Vilar.

Doações

Raylander Mendes, presidente da Associação de Moradores do Engenho Velho, destacou que essa foi a primeira vez que eles viram o leito do Rio Gramame subir tanto. “Ficamos muito assustados. Vamos aguardar o laudo da Defesa Civil sobre as casas para saber quais os próximos passos”. Ele destacou ainda que os moradores estão precisando de roupas, calçados, colchões e alimentos. Quem puder doar pode ligar para o telefone da Associação, o (83) 99907 1652, para combinar a melhor forma de enviar as doações.

Defesa Civil

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec/JP) informou neste domingo que, em virtude de problemas técnicos, a central telefônica que atende pelo número 0800 285 9020, encontra-se temporariamente indisponível para chamadas. Assim, em caso de ocorrência, a população deve acionar o órgão pelo WhatsApp, no número (83) 98831-6885. O serviço funciona 24 horas.

A Defesa Civil disse ainda que a previsão de normalização do funcionamento é nesta segunda-feira (30) e que as equipes seguem de prontidão para atender as possíveis demandas.

Palavras Chave

João PessoaTempo

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.