Início Geral

Novo sistema vai controlar estoque de remédios da Saúde de João Pessoa

A Prefeitura de João Pessoa informou nesta sexta-feira (18) que está implantando um sistema na Secretaria de Saúde (SMS) para controla o estoque de medicamentos nos serviços públicos municipais. O caso ocorre depois de reclamações por falta de remédios distribuídos, por exemplo.

Leia também: Falta medicamento para infarto e gestantes em João Pessoa; Saúde explica

Em processo de implantação, o sistema foi desenvolvido por técnicos da SMS para o controle de almoxarifado, sendo adaptado em seguida para gerir o fluxo de distribuição de medicamentos e material médico-hospitalar a partir da Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF).

Com a informatização das farmácias, é possível ter o histórico de consumo dos usuários e controlar o período mensal para entrega dos medicamentos, permitindo aos serviços um maior monitoramento de entrada e saída de medicamentos, garantindo o uso racional de insumos e medicamentos.

Ao receber o medicamento, o usuário recebe o comprovante de entrega contendo seus dados pessoais, o medicamento dispensado, quantidade, lote e validade. O sistema já está funcionando em mais de 50 farmácias e almoxarifados da rede municipal de Saúde, incluindo os Distritos Sanitários, Centros de Atenção Integral à Saúde (Cais), Samu e Ortotrauma.

Segundo o diretor do setor de Informática da SMS, Emmanuel Pautet, a maioria dos estoques já está informatizada, possibilitando saber o consumo em tempo real desses materiais através de uma rede que envolve toda a SMS. “Além do controle global do estoque, o sistema melhorou a entrega dos medicamentos, além de reforçar também o controle pelo número do cartão SUS do paciente. Quando um usuário recebe um medicamento, o recebimento fica cadastrado no sistema online”, explicou.

Para a diretora do Distrito Sanitário V, Joyce Virgolino, um dos principais benefícios do sistema é a possibilidade que o serviço tem de identificar os usuários que são munícipes de João Pessoa. “Assim podemos garantir o atendimento aos nossos usuários e identificar os usuários de outras cidades, referenciando-os aos seus municípios de origem, já que os medicamentos só são dispensados através da apresentação do cartão SUS”, disse.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.