Início Geral

Ô especulação infeliz

O que a política não fizer, no sentido negativo, nada mais o fará. Semana passada, a condução coercitiva do ex-presidente Luis Inácio ‘Lula’ da Silva provocou uma ‘reviravolta’ no mercado econômico: dólar em queda e uma revalorização do Real. Parecia até que a crise econômica tinha ido embora. Não foi, claro. Mas, foi o suficiente para surgir uma espécie de cartel nas casas de câmbio.

Acontece que a grande maioria dos proprietários comprou a moeda americana acima dos R$ 4,00. Como a média/dia tem se mantido abaixo dos R$ 3,70, desde o final da semana passada, muitas casas estão ‘escondendo’, isso mesmo, ‘escondendo’ a moeda, ou até mesmo se utilizando da supervalorização. Isso sim não é bom para a economia.

Ora, se antes, o dólar se comprava de acordo com a cotação do dia porque cargas d’água, agora, não se pode fazer o mesmo. Assim, realmente, a economia não anda. Isso é o que eu chamo de ‘burrice’ estratégica. Melhor um lucro menor, do que nenhum lucro, especialmente em se tratando de compra, venda e troca de moeda e, especialmente, dólar, que é uma das moedas de maior referência no mundo.

Ontem, ante o anúncio da denúncia do Ministério Público de São Paulo contra Lula no caso do triplex, o dólar caiu a R$ 3,65, menor valor deste setembro de 2015 (R$ 3,61). A política quando usada para o ‘mal’ e aliada à especulação mercantilista não faz bem a ninguém, nem mesmo a eles próprios.

Nove segundos

O senador Cássio Cunha Lima voltou a fazer uma convocação para domingo. E aproveitou para alfinetar: “Antes de tirar Dilma [Rousseff], é preciso afastar Eduardo Cunha”. No caso de afastamento da presidente e do vice, o peemedebista assumiria: “Ele não pode passar nem 9 segundos no Palácio do Planalto”.

Sobrou para o PP 1

A vereadora Raíssa Lacerda está coletando assinaturas para a “CPI do Jampa Digital”, cujo alvo principal seria o deputado Aguinaldo Ribeiro, ex-ministro das Cidades. Também é um dos dirigentes do PP, partido disputado pelo PSD.

Sobrou para o PP 2

Raíssa esquece ainda que o presidente da Câmara, Durval Ferreira, é presidente do PP na Capital e tem poder de arquivar ou não a CPI.

Não retiro

Os vereadores João dos Santos e Djanilson da Fonseca afirmaram que não vão retirar as assinaturas da CPI da Lagoa, protocolada, mas ainda não instalada. A oposição espera que seja na terça-feira.

“Palhaços…”

Já o vereador Sérgio da SAC afirmou, durante a sessão de ontem, que tem assistido a “palhaços e palhaçadas”, na Câmara da Capital. Vish…

Cidadania

O deputado Gervásio Maia Filho esteve ontem com a Secretaria de Desenvolvimento Humano, Cida Ramos. Saiu de lá com a garantia de que a região de Catolé do Rocha terá uma Casa da Cidadania até maio. Serão atendidas as cidades de Riacho dos Cavalos, Bom Sucesso, Brejo dos Santos, Jericó e Mato Grosso.

Saindo do PPS

A janela partidária começou a fechar e haja corre-corre. O líder do prefeito Cartaxo, vereador Marco Antônio, deixará o PPS de Nonato Bandeira. Com a incerteza do PPS, melhor é se manter na liderança…

Mas já!!!!

Outro que estaria de mala pronta, aliás, parece que nem chegou a desarrumá-la seria o vereador Roani Mendes. Estaria deixando o PTB. Choque de estrelas.

Os Bezerra

O ex-presidente da OAB-PB, Odon Bezerra, deve entrar na disputa por uma das 27 cadeiras da Câmara da Capital, mesmo o sobrinho sendo candidato. No caso, Léo Bezerra, filho do deputado Hervázio Bezerra.

DEM na luta

O vereador Felipe Leitão já informou que deixará o DEM. O presidente Efraim Morais prometeu indicá-lo como vice. Vamos ver se reverte.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.