Início Geral

O retorno

Em se tratando de política e de alianças, na Paraíba, meu fi, tudo pode acontecer. Ontem, um dos interlocutores do governador Ricardo Coutinho confirmou o que deve ser a estratégia dos girassóis para 2018. Conte comigo: a preço de hoje temos quatro forças políticas no Estado – o próprio Ricardo Coutinho (PSB), o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), o senador José Maranhão (PMDB) e o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD).

É fato que as decisões sobre candidaturas e alianças passarão por essas quatro figuras. Não estou aqui menosprezando quem quer que seja. Estou falando em espólio eleitoral.

A tese defendida de uma reaproximação entre Ricardo, Cartaxo e Maranhão, deixando de lado Cássio e os tucanos. Não seria novidade, se não estivesse igual a açude seco, ‘tomando água’. Aliados de Ricardo acreditam que a distância para a realização do pleito pode unir essas três forças pelo Governo do Estado, numa chapa que teria Cartaxo como candidato a governador, Ricardo e Raimundo Lira ao Senado, já que Maranhão ainda tem mais quatro anos de mandato.

A tese até pode ser viável, mas é que esqueceram que Cartaxo não comanda o PSD. Teria uma opção para concorrer nessa possível chapa: deixar o partido para se filiar ao PSB, e para isso, teria que se apressar. Cartaxo já teria sido alertado pelo presidente estadual do PSD, Rômulo Gouveia de que o partido terá candidato. E mais, que uma aliança com o socialista estaria fora de cogitação.

Maranhão e Cícero Lucena adoram essa frase, e eu também: “na Paraíba, na política, até boi pode voar”.

“(Re)união”

O deputado Trócolli Júnior, que sempre tem um discurso de paz, foi bem claro ao dizer que apoia a (re)união do governador Ricardo Coutinho e do prefeito Luciano Cartaxo para 2018. Deixou claro que não tem conhecimento de conversas. Mas, a rádio peão apurou que já tem formiguinhas indo e voltando.

Venha a nós…

“Qualquer liderança, a exemplo de Luciano e de outros partidos, como o PMDB, são bem vindos [ao PSB]”. É o que acredita Trócolli, usando o discurso de que é preciso pensar no futuro da Paraíba.

…e vosso reino?

O negócio é que o PMDB, através do seu comandante maior José Maranhão, disse que terá candidato. E Rômulo Gouveia, que preside o PSD, já mandou o recado: Cartaxo é o nome.

Serviço…

Parece que a semana em que a ALPB esteve fechada, para manutenção de um aparelho de ar foi em vão. É que ontem a reclamação por parte dos assessores dos deputados era… o calor.

…em vão

Pelo menos em dois gabinetes a manutenção feita durante o período não surtiu efeito. Agora, como explicar ao povo a folga ‘extra’’ concedida pela Casa?

A saga de Raoni

O retorno do suplente de deputado Raoni Mendes, à ALPB, está próximo. Pelo menos é o que garante o deputado e líder do governo Hervázio Bezerra. Existe uma operação montada para que um dos parlamentares se licencie do mandato, abrindo vaga para o democrata. Diferente da Lava Jato, essa operação está é lenta.

Mudança…

O deputado Tovar Correia Lima encaminhou ofício ao senador Cássio Cunha Lima solicitando uma audiência com o ministro dos Transportes, Maurício Quintella. Não deveria ser direto…

…no projeto

Tovar solicitou que o senador peça a construção de um viaduto, dentro do projeto de duplicação da BR-230, no trecho que compreende a Praça do Meio do Mundo.

Parceria 1

O presidente do TJPB, desembargador Joás de Brito Pereira Filho, foi recebido pela prefeita do Conde, Márcia Lucena, e pela juíza Inês Cristina Selbmann, diretora do Fórum daquela cidade.

Parceria 2

A aproximação entre os dois Poderes,visa buscar soluções para resolver os problemas que atingem a cidade e a Justiça, no que diz respeito a reformas e adequações do fórum.

Palavras Chave

Portal Correio
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.