Universidade Estadual da Paraíba/Foto: Divulgação

Oficina de Massagem inscreve para tratamento contra dores

Interessados podem comparecer no prédio da Clínica Escola da UEPB, nas terças e quintas, das 8h30 às 11h

0
COMPARTILHE

Quem sofre com constantes crises de cefaleia pode buscar tratamento especializado na Clínica Escola de Fisioterapia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). O projeto de extensão “Cefaleia do Tipo Tensional e Algias na Coluna: Oficina de Massagem” está com inscrições abertas para o atendimento.

Os interessados podem comparecer no prédio da Clínica Escola da UEPB, nas terças e quintas, das 8h30 às 11h. Para utilizar o serviço, basta o interessado se dirigir até o local durante os turnos de funcionamento da clínica, pela manhã ou tarde, ou telefonar para o número (83) 3315-3346 e agendar seu atendimento.

Utilizando técnicas terapêuticas que envolvem a aplicação de sequências e manipulação de tecidos, contribuindo para o aumento da circulação linfática, fluxo sanguíneo, alívio da dor, remoção dos produtos do catabolismo e metabolismo e facilitação da atividade muscular, o tratamento permite aos usuários uma possibilidade de enfrentar esse mal que, segundo estudos epidemiológicos, afeta 72,2% da população brasileira, sendo 15,2% de migrânea, 13% de cefaleia tipo tensional e 6,9% de cefaleia crônica diária.

Coordenado pela professora Socorro Barbosa, o projeto de extensão oferece medidas eficazes que possibilitam a promoção da saúde, atingindo uma das principais metas da extensão universitária, que é interagir educação, cultura e o saber científico de forma indissociável, através do ensino e da pesquisa, além de executar o vínculo transformador entre universidade e sociedade.

“Nossa proposta é beneficiar os participantes através da massagem terapêutica, minimizando ou eliminando algias musculares e cefaleias do tipo tensional, visando à promoção da saúde e melhoria da qualidade de vida, gerando uma ação conjunta e participativa dos acadêmicos, professores, técnicos administrativos da UEPB e a comunidade em geral. A massoterapia tem sido reconhecida entre os profissionais da Saúde como um excelente recurso na prevenção das dores, do cansaço físico e mental. Por isso temos um programa que contribui muito para o bem-estar da população”, ressalta professora Socorro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas