Início Geral

Onze vereadores de JP trocam de partido; dança das cadeiras muda composição na CMJP

Onze vereadores de João Pessoa aproveitaram a janela partidária e trocaram de legenda. Três dessas novas filiações ocorreram no último dia do prazo, sexta-feira (18). O vereador Bosquinho seguiu o colega Lucas de Brito e deixou o DEM. Djanilson da Fonseca também saiu do PPS. E Pedro Coutinho, que é superintendente do Instituto de Previdência do Município (IPM), deixou o PTB.

O Portal Correio previu as onze trocas de partidos na Câmara Municipal de João Pessoa. Partidos com o
DEM e o PPS desidatraram e ficaram apenas com um vereador. PHS, que não
tinha representação, ganhou dois vereadores. PSL e PSC ganham, cada, um
parlamentar.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Nesta semana, além de Lucas ter deixando o DEM, o vereador Raoni Mendes já havia deixado o PTB. O vereador Felipe Leitão se desfiliou do PR, mas no caso dele o prazo só termina em 2 de abril.

Bosquinho, aliado do prefeito Luciano Cartaxo, não aceitava a orientação da direção estadual em fazer oposição à gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PSD). Perdeu a direção municipal da legenda em João Pessoa e adiou até o último instante sua saída. Nesta sexta, formalizou sua filiação Partido Socialista Cristão (PSC), que é presidido na Paraíba pelo deputado federal Marcondes Gadelha.

O outro vereador do DEM na Capital, Lucas de Brito, assina a filiação do PSL na próxima semana. A confirmação foi dada pelo deputado estadual Tião Gomes, presidente estadual da legenda. Lucas quer ser pré-candidato a prefeito pelo novo partido. Tião promete que o PSL decidirá sobre isso ainda na semana que vem.

O Democratas, contudo, ganhou o vereador Raoni Mendes, que deixou o PTB.

Djanilson da Fonseca também mudou de filiação. Saiu do PPS e foi para o Partido da República (PR). Ele disse que recebeu um convite do presidente estadual da sigla, o deputado federal Wellington Roberto. Djanilson assume a presidência do PR em João Pessoa.

Recentemente, Djanilson da Fonseca assinou um requerimento pedindo a instalação da CPI da Lagoa, para apurar suposto desvio de recursos nas obras de pavimentação do Parque Solon de Lucena. O requerimento recebeu seis assinaturas dos oposicionistas e cinco da bancada governista. Djanilson garante que não retira seu nome do pedido.

O vereador é casado com a professora Leila Fonseca, que se filiou ao Partido Trabalhista do Brasil (PT do B) na tarde desta sexta, após entendimento com o presidente estadual da legenda, deputado Genival Matias, e com o presidente da legenda na Capital, Márcio Alencar.

O PT do B quer emplacar Leila como candidata à vice-prefeita nas eleições deste ano em João Pessoa. No ano de 2014, ela disputou o cargo de senadora pelo Partido Republicano da Ordem Social (Pros) e obteve 44.62 votos no estado da Paraíba.

O PPS reagiu de imediato. O vice-prefeito de João Pessoa e presidente estadual do PPS na Paraíba, Nonato Bandeira, após a saída Marcos Antonio e Djanilson da Fonseca, anunciou a filiação do ex-presidente da OAB-PB, advogado Odon Bezerra. Ele deve concorrer a um mandato de vereador.

Pedro Alberto Coutinho assinou a ficha de filiação do Partido Humanista da Solidariedade. Coutinho foi eleito em 2012 pelo PTB. Ele está licenciado da CMJP.

O PHS conta com dois vereadores na Capital e passa a compor a base de sustentação do prefeito Luciano Cartaxo. No início da semana, o partido recebeu a filiação do vereador Marco Antônio, líder do prefeito, que assumiu a presidência da executiva municipal.

Pedro Coutinho disse que o projeto de crescimento traçado pela nova legenda, bem como os convites formulados pelos presidentes das executivas estadual e municipal, o advogado Expedito Leite e o vereador Marco Antônio, respectivamente, foram fundamentais para o ingresso no PHS.

Confira a lista completa de quem trocou de partido na Câmara de Vereadores: 

Marco Antônio –  deixou o PPS e foi para o  PHS

Djanilson da Fonseca– saiu do PPS para o PR

Bosquinho- deixou o DEM e foi para o PSC

Santino – trocou o PT do B pelo PMN

Dinho – trocou o PR pelo PMN

Helton Renê – trocou o PP pelo PC do B

Lucas de Brito – Deixou o DEM e foi para o PSL

Felipe Leitão – Deixou o SD

Raoni Mendes – PTB pelo DEM

Pedro Coutinho – deixou o PTB pelo PHS

Fernando Milanez – deixou o PMDB, mas não definiu seu novo partido

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.