Início Geral

Oposição comemora rompimento de Nonato; situação diz que nada muda para Cartaxo; vídeo

Situação e oposição na Câmara Municipal de João Pessoa já esperavam o rompimento político do vice-prefeito Nonato Bandeira (PPS) com o prefeito Luciano Cartaxo (PSD). Por motivos diferentes, os dois agrupamentos não se surpreenderam com a carta de Nonato orientando filiados do seu partido a não apoiarem a reeleição de Cartaxo. Para os governistas, o vice-prefeito se isolou propositadamente. Para os oposicionistas, ele foi isolado pelo prefeito. Veja abaixo o vídeo com o relato dos vereadores.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Para o vereador Marcus Vinícius (PSDB), ex-secretário de Comunicação Social da PMJP, a estratégia da base governista não muda em nada com o anúncio do rompimento de Bandeira. “Isso já era que se esperava. Lamento muito ter perdido um companheiro como Nonato, mas a gente já previa que isso vinha acontecer. Ele estava muito distante da gestão de Cartaxo”, comentou.

Vereador de oposição, Raoni Mendes (DEM) contou que na semana passada já se observava nos bastidores em movimento nesse sentido. “Todos aqueles que lutaram pela reeleição, Cartaxo virou as costas. Espero que o PPS formalize sua chegada na oposição”, disse.

Governista, Benilton Lucena (PSD) rebateu. “Não se perde aquilo que não se tinha. Nonato já, por várias vezes, já tinha demonstrado que não estaria com o prefeito. Até os próprios vereadores do PPS, a exemplo de Djanilson (da Fonseca) e Marco Antônio saíram do PPS até por não terem uma posição mais coadunante com o vice-prefeito. Esperávamos que ele saísse muito antes. Ele sai num momento muito oportuno pra ele”, frisou.

Fuba (PT) disse que durante bastante tempo o vice-prefeito não teve espaço político dentro da gestão. “Ele foi isolado. Claro que haverão desdobramentos políticos. E o PPS deve formalizar sua chegada na oposição”, argumentou.

O líder do prefeito na Câmara Municipal de João Pessoa, Marco Antônio (PHS), lembrou que dias atrás deixou o PPS por não ter certeza do apoio a Luciano Cartaxo. “Outros colegas também deixaram a legenda, assim como candidatos a vereador que também deixaram o PPS. Então não vi com nenhuma surpresa”, afirmou.

Para o vereador Lucas de Brito (PSL), a bancada de oposição na CMJP terá um crescimento natural e vai poder viabilizar mais facilmente algumas proposituras, como a própria CPI da Lagoa.

Veja o vídeo do Portal:

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.