Início Entretenimento

Orquestra de Violões da PB se apresenta no Pôr do Sol do Hotel Globo

A Orquestra de Violões da Paraíba (OVPB) apresenta “Há tempo, Paraíba” nesta sexta-feira (6), 16h30, no Hotel Globo, dentro do projeto Pôr do Sol, promovido Pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, através da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), e que integra o AnimaCentro. O show da OVPB é gratuito e comemorativo aos 27 anos da orquestra.

A maestrina da OVPB, Carla Santos, comentou que “Há Tempo, Paraíba” é uma homenagem ao tempo de existência do grupo e, para nós, significa um tempo de reencontros musicais e profissionais. “Um tempo de reviver e (re) criar novas memórias (musicais ou não). Significa, sobretudo, que há tempo de resistimos e, que ainda há tempo de resistir…”, acrescentou Carla Santos, que divide a regência da apresentação com o maestro Cyran Costa.

O repertório deste show dará destaque à ciranda, ao maracatu, baião, pop/rock e outros ritmos que caracterizam as composições de Milton Dornellas e Ronaldo Monte, Adeildo Vieira, Paulo Ró e Lau Siqueira, Escurinho, Bruno Miranda, Sostemar Matias, e da prata da casa: Lucas Gaião e Samma Mendonça.

Entre as muitas composições foram selecionadas para o espetáculo: ‘Talo de Capim’ ( Milton Dornellas e Ronaldo Monte, com arranjo de Johnatan Martins), ‘Ancestrais’ ( Milton Dornellas, com arranjo de Ademar Neto), ‘Amorério’ e ‘Alegria de Farol’ (Adeildo Vieira, com arranjos de Johnatan Martins e Lucas Gaião), ‘Olhos de Proa’ (Paulo Ró e Vergara Filho, arranjo de Ivan Dantas), ‘Poemito de Amor’ (Lau Siqueira e Paulo Ró, arranjo de Samuel Alves); ‘Lá vem a Onda’ e ‘Tempos Modernos’ (Escurinho, com arranjos de Danyel Costa).

As composições ‘Leveza na Alma’, de Sostemar Matias com arranjo feito por Ademar Neto, e ‘Dunas de Sal’, de Bruno Miranda (arranjo de Lucas Gaião), são composições que ficaram conhecidas pela voz de Glaucia Lima. Estão incluídas também: ‘Pensando Bem’ (arranjo Ivan Dantas) e ‘Araticum’ (Lucas Gaião), duas composições dos alunos do curso de Licenciatura em Música da UFPB e integrantes da Orquestra, Samma Mendonça e Lucas Gaião, que marcam uma nova geração de compositores paraibanos.

Formam a OVPB 30 músicos, destes 16 são violonistas e ainda clarinete transversal, bateria, baixo e percussão. Participam desta apresentação como convidados os interpretes e cantores (as): Ísis Queiroga, Franciele Galdino, Samma Mendonça, Danyel Costa e Gabriel Egito.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.