Início Geral

Pai e filho suspeitos de assassinar m?dico paraibano t?m pris?es prorrogadas

Por determinação da juíza Gisele Vieira, da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Jaboatão dos Guararapes, nesta quarta-feira (2) em Pernambuco, as prisões do médico Cláudio Amaro Gomes e do filho dele, o bacharel em Direito Cláudio Amaro Gomes Júnior serão prorrogadas. Os dois são os principais suspeitos do assassinato do médico paraibano Artur Eugênio de Azevedo Pereira em maio deste ano.

Leia mais Notícias no Portal Correio

O profissional, de 36 anos, foi encontrado morto a tiros às margens da BR-101, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana de Recife. O veículo dele foi achado incendiado no Bairro Guabiraba, na Zona Norte da capital pernambucana.

A decisão aconteceu devido ao pedido da Polícia Civil nessa terça-feira (1) para que houvesse a prorrogação da prisão de ambos, que expiraria nesta quarta (2). Sendo assim os dois suspeitos devem cumprir mais 30 dias de reclusão no Centro de Triagem, em Pernambuco.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.