Início Cultura

Painel Funesc promove debate sobre HQs de terror

Encontro será mediado por Maria Botelho, gerente da Gibiteca Henfil da Funesc, com transmissão ao vivo via YouTube
Isabor e Gabriela são as convidadas (Fotos: Divulgação/Secom-PB)

A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) realiza nesta quinta-feira (25), a partir das 19h, mais uma edição do ‘Painel Funesc’ especial do Mês das Mulheres, que vai trazer o tema ‘Jogo de Sombras: o terror no cotidiano’, com a professora e escritora Isabor Quintiere e com a quadrinhista Gabriela Güllich. O encontro será mediado por Maria Botelho, gerente da Gibiteca Henfil da Funesc, com transmissão ao vivo via YouTube (youtube.com/funescpbgov).

Isabor Quintiere nasceu em João Pessoa, é professora de Língua Inglesa, graduada em Letras – Inglês e mestre em Literatura pela UFPB. Em 2018, publicou pela editora Escaleras o seu primeiro livro, ‘A cor humana’, cujo conto ‘Madres’ foi um dos vencedores do Prêmio Odisseia 2019.

O conto retrata a lida de uma mãe com seu filho, que vai crescendo e se tornando uma fera bestial incontrolável. Isabor também ministra palestras sobre escrita criativa nos ensinos básico e superior e considera como suas principais fontes de inspiração a literatura fantástica latino-americana e a ficção científica.

Gabriela Güllich nasceu em Cuiabá (MT), é jornalista, graduada pela UFPB, quadrinhista e ilustradora. Desenvolve projetos de narrativas ilustradas e jornalismo em quadrinhos, tendo como primeiro trabalho institucional nesta editoria a HQ ‘Quatro Cantos de um Todo’, uma história que traz o relato de quatro pessoas beneficiárias do Sesc Paraíba.

Em 2019, realizou um trabalho com o fotojornalista João Velozo, no livro São Francisco, que traz uma reportagem mesclando quadrinhos e fotografia sobre a transposição do Rio São Francisco e que foi vencedor do Prêmio HQMix 2020. Ela também produz a coluna ‘Entre Quadros’, projeto quinzenal de entrevistas ilustradas no portal de cultura Pop ‘Mina de HQ’.

A mediadora Maria Botelho Lima é pessoense, graduada em Arquitetura e Urbanismo pela UFPB e mestre em Museologia (Facultad de Bellas Artes / Universidad de Granada – Espanha). Atua em docência e consultoria de projetos culturais de valorização das culturas contemporâneas e tradicionais, além de desenvolver projetos de exposição, cenografia e direção de arte.

O ‘Painel Funesc’ estreou no dia 14 de julho de 2020 e, desde então, já foram realizados diversos encontros virtuais, semanalmente. A proposta do projeto é levar ao público discussões sobre diferentes linguagens artísticas, além de assuntos relacionados à produção cultural e à cena paraibana.

Palavras Chave

Cultura
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.