Início Geral

Para?ba tem novo mapa pol?tico, afirma especialista

O ‘esfacelamento’ da aliança entre PSB e PSDB, que levou Ricardo Coutinho ao Palácio da Redenção em 2010, mudou completamente o mapa político da Paraíba. O senador Cássio Cunha Lima armou um xeque mate eleitoral em cima do socialista ao se candidatar a governador. Além disso, o tucano não retirou apenas o apoio dos seus correligionários, mas levou para sua coligação vários partidos que integravam a arco de aliança socialista. No momento, se apresenta como favorito nas pesquisas de opinião pública.

Leia mais notícias de Política do Portal Correio

A decisão Cássio Cunha Lima se candidatar a governador mudou completamente o mapa político da Paraíba. Ele conseguiu atrair o maior número de legendas (14), provocando rompimentos tidos como improváveis com o governador Ricardo Coutinho.

O primeiro abalo acorreu no próprio PSB que perdeu o principal aliado político, ou seja, o próprio PSDB. Em seguida, o atingido foi o PMDB que esperava polarizar a disputa com Ricardo Coutinho teve sua candidatura, anunciada há quase dois anos, inviabilizada. Com isso, saiu de cena o ex-prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo e assumiu o posto de candidato a governador o seu irmão, senador Vital Filho.

Seis candidatos disputam o Governo do Estado nas eleições de outubro: o governador Ricardo Coutinho que tentará à reeleição, o senadores Cássio Cunha Lima (PSDB)e Vital do Rêgo Filho (PMDB), além de Tárcio Teixeira (PSOL), Antônio Radical (PSTU) e Major Fábio (Pros).

A candidatura de Cássio Cunha Lima foi a que atraiu mais partidos. Ao todo recebeu o apoio de 15 partidos na sua aliança (PSDB, PTB, PSD, SDD, PSC, PRB, PT do B, PPS, PMN, PTC, PEN, PTN e PSDC, PR e PP). Ricardo Coutinho que pretendia contar com pelo menos 16 partidos em seu arco de aliança conseguiu apenas 11 e corre o risco de perder o aporte do PT para o PMDB. Os socialistas fecharam com PT, DEM, PDT, PCdoB, PV, PRTB, PRP, PSL, PPL, PHS, além do PSB. O PMDB espera pelo apoio do PT que selou aliança com o PSB. O impasse deve ser resolvido pela direção nacional do partido do PT.

Fittipaldi diz que mudança no cenário político era previsível

O cientista político e professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Ítalo Fittipaldi, declarou que a mudança no cenário político paraibano, devido à presença do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) na disputa pelo Governo do Estado, era previsível. Segundo ele, o principal atingido com isso foi governador Ricardo Coutinho (PSB) – ex-aliado do tucano.

Leia matéria completa na edição deste domingo (20) do Jornal Correio da Paraíba

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.