Moeda: Clima: Marés:
Início Empregos

Paraíba registra em junho 4º mês seguido de alta na geração de empregos

Conforme o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), mês registrou saldo positivo de 3.602 vagas de emprego geradas
Carteira de Trabalho, Sine, Emprego
Foto: Divulgação/Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

A Paraíba registrou, no mês de junho, o quarto mês seguido com registro de alta na geração de empregos no estado. Conforme o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) registrou 15.758 admissões e 12.156 demissões, saldo positivo de 3.602 vagas de trabalho no período.

O índice também foi o melhor resultado desde novembro de 2021, quando o estado registrou 4.945 vagas de emprego geradas.

O setor de Serviços registrou o maior saldo, com 1.667 vagas (6.700 admissões e 5.033 demissões). Comércio (1.028) e Indústria (820) também estão entre os setores com maior geração de empregos no estado.

No acumulado do ano, a Paraíba tem saldo positivo de 6.747 postos de trabalho, com os setores de Serviços (8.961) e Construção (2.058) e Comércio (736) como os únicos com saldo positivo no período.

Saldos mensais desde janeiro/2022 – Paraíba

  • Janeiro: 1.696
  • Fevereiro: 1.293
  • Março: 739
  • Abril: 2.363
  • Maio: 3.032
  • Junho: 3.602

No Brasil

O país fechou o mês de junho com um saldo de 277.944 empregos formais (com carteira assinada), resultado de 1.898.876 de contratações e 1.620.932 desligamentos.

Cinco grupamentos de atividades econômicas apresentaram saldo positivo, com destaque para o setor de serviços, com a geração de 124.534 novos postos de trabalho formais, distribuídos principalmente nas atividades de informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias e administrativas (65.827 postos).

O Comércio fechou o mês com 47.176 novos postos, a Indústria geral criou 41.517 postos, concentrados especialmente na Indústria de transformação, que gerou 37.986 postos. Na sequência vêm o setor de agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura, que gerou 34.460 postos. A Construção fechou o mês com 30.257 novos postos.

Palavras Chave

Empregos

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.