Início Pandemia

Paraíba registra média de 1 internação por Covid-19 a cada 36 minutos

Ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 56%
Coronavírus
Foto: Imagem ilustrativa/Divulgação/CRM-PB

A Paraíba registra em média uma internação por Covid-19 a cada 36 minutos, conforme divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Entre segunda (15) e terça (16), a SES contabilizou 818 novos casos da doença no estado, com 10% deles hospitalizados, ou seja, 82 pacientes. Até essa terça, a Paraíba tinha 206.397 casos confirmados da doença causada pelo novo coronavírus, com 4.272 mortes.

O estado tem 816 leitos para Covid-19 ativos, sendo 506 de enfermaria e 310 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Até essa terça, 239 leitos de enfermaria e 174 de UTI estavam ocupados.

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 56%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 68%.

Em Campina Grande, estão ocupados 50% dos leitos de UTI adulto e no sertão 78% dos leitos de UTI para adultos. De acordo com o Centro Estadual de Regulação Hospitalar, 40 pacientes foram internados entre segunda (15) e terça (16).

Cinco municípios concentram 405 novos casos, o que corresponde a 49,51% de todos os registrados nessa terça. São eles: João Pessoa, com 245 novos casos, totalizando 54. 299; Campina Grande, com 62 novos casos, totalizando 18. 677; Patos, com 41 novos casos, totalizando 8.279; Sapé, com 29 novos casos, totalizando 1.701; Cabedelo, com 28 novos casos, totalizando 5.068.

Para o presidente do Conselho Rregional de Medicina (CRM-PB), Roberto Magliano de Morais, as aglomerações dos últimos dias, mesmo não havendo o feriado de Carnaval, podem contribuir para esta situação se agravar ainda mais nos próximos dias.

“Teremos dias difíceis e desafiadores para nós, médicos. Precisamos que a população se conscientize sobre a necessidade urgente de distanciamento social”, disse o presidente.

O CRM-PB alerta mais uma vez que é preciso rigoroso respeito às normas sanitárias. Para conter a rápida disseminação do novo coronavírus, é necessário o uso correto e constante de máscaras, higienização das mãos e distanciamento social.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.